Democratizar a comunicação para democratizar o Brasil

Na manhã desta sexta-feira (08/06) aconteceu o debate mais esperado de todo o 16º. Congresso da UJS. O tema “nas redes e nas ruas” lotou o auditório da Capela da UERJ com cerca de 500 jovens prontos para discutir os rumos da comunicação no Brasil.
Com a presença dos jornalistas Paulo Henrique Amorim e Rodrigo Vianna e do professor Sergio Amadeu, o debate apresentou um pouco do histórico da luta pela democratização dos meios de comunicação no Brasil e o atual cenário com seus desafios.
Aplaudidíssimo, Paulo Henrique Amorim destacou a importância da UJS lutar pela construção de um novo Marco regulatório dos comunicações que impeça a propriedade cruzada, tal qual foi aprovado na Argentina pela presidenta Cristina Kirchner. “No Brasil é a UJS quem tem a responsabilidade de mobilizar o povo em defesa do novo Marco Regulatório das Comunicações”, afirmou Amorim.
O blogueiro e jornalista da Record, Rodrigo Vianna, destacou que a luta pela democratização da comunicação é fazer com que a Constituição de 1988 seja respeitada. “Não queremos nada além do que já está escrito na Constituição”, ressaltou Vianna.
Por fim, o professor Sergio Amadeu focou sua apresentação nos perigos de censura que corre a internet. Para Amadeu a defesa da neutralidade na rede é fundamental para garantirmos a liberdade de expressão. Amadeu ainda sugeriu duas propostas ao 16º. Congresso da UJS: a defesa do compartilhamento na internet; e a criação de um blog sobre os avanços do Prouni e do Enem.
O presidente da UJS, André Tokarski, finalizou o debate agitando a platéia e convocando toda a militância e todos os movimentos sociais para uma grande passeata no próximo domingo (10/06) em defesa do Marco Civil da Internet, do Marco Regulatório das Comunicações e de uma Banda Larga gratuita, pública e de qualidade.
O auditório lotado e as qualificadas intervenções da platéia demonstraram que a UJS é a principal força política que se apresenta na vanguarda pela democratização dos meios de comunicação no Brasil.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.