Dia dos Namorados deve registrar aumento no comércio - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

.

8 de junho de 2012

Dia dos Namorados deve registrar aumento no comércio

Vendas deverão crescer mais de 20% no Dia dos Namorados

Do Portal Paulista em Foco


Cada vez mais o Dia dos Namorados se torna uma data relevante no calendário comercial, com forte apelo e conseqüências positivas para os negócios. Segundo levantamento feito pela Federação do Comércio de Pernambuco (Fecomércio-PE), cresceu o número de casais que pretendem comemorar a data e tanto os empresários do comércio quanto os prestadores de serviços esperam um desempenho melhor que no ano passado.

Na Região Metropolitana do Recife os resultados foram particularmente bons, sendo esperado em média um incremento de 20,3% no faturamento. Nos serviços, que na pesquisa incluem restaurantes/pizzarias, lanchonetes/bares e hotéis/motéis/pousadas a expectativa de crescimento é de 23,2%, maior que os 18,5% do comércio tradicional e os 20,5% registrados nos shopping centers. “Alem do mais, as boas expectativas para este ano têm a desejável qualidade de contemplarem todo o varejo e serviços, tanto no comércio tradicional quanto nos shoppings”, explica Luiz Kehrle, consultor da Fecomércio.

O otimismo dos empresários/gerentes também pode ser medido pelo percentual de quase 77% dos esperam faturamento maior que no ano passado, com menos de 6% admitindo queda. “Nos shopping centers o otimismo é ainda mais nítido, com mais de 90% esperando uma expansão das vendas, contra pouco mais de 3% que esperam redução”, completa Kehrle.

Um dado importante da pesquisa é que o otimismo dos empresários/gerentes, é respaldado pelo comportamento esperado dos consumidores. De acordo com os dados levantados, deverá ocorrer um forte incremento na demanda, pois 68,2% dos entrevistados pretendem comemorar a data este ano, contra 58,8% no ano passado. Os preços dos presentes deverão crescer 12%, passando de R$148,60 para R$166,50. Na média os gastos com serviços não terão tanto acréscimo, mas isto será (ou poderá ser) compensado por um forte aumento no número de casais que farão comemorações fora de casa, especialmente em restaurantes/pizzarias e hotéis/motéis/pousadas.



Embora tenha havido uma diminuição do percentual dos que não comemorarão, sobretudo porque não têm namorado(a), cerca de 21% desses não o fazem por não ter dinheiro ou estar desempregado. “No Dia dos Namorados existem várias maneiras de comemorar a data e a opção pela compra de presentes é muito forte e, em semelhança com o ano passado, vestuário, flores, perfumes e calçados deverão cobrir cerca de 70% das compras”, ressalta o também consultor da Fecomércio, José Fernandes de Menezes. Das compras realizadas na comemoração da data, mais de 54% serão pagas com cartão de crédito e quase 42% a vista, deixando pouco espaço para outras formas de pagamento. Deve se registrar o forte crescimento das flores/cestas/chocolates como escolha de presente, mais que duplicando em um ano. O Centro de Pesquisa do Instituto Fecomércio-PE (Cepesq) entrevistou 547 empresários/gerentes e 507 consumidores na Região Metropolitana do Recife.

Em Caruaru a expectativa é um crescimento superior a 11%

Tanto os empresários varejistas quanto os prestadores de serviços esperam um bom Dia dos Namorados este ano em Caruaru. Nos serviços, pesquisados pela Fecomércio (restaurantes/pizzarias, lanchonetes/bares e hotéis/motéis/pousadas) a expectativa de crescimento de quase 14% é maior que os 11,2% do comércio, mas diferencia-se bem dos mais de 27% registrados nos shopping centers.

O otimismo dos empresários/gerentes do comércio e dos serviços também é inferido do fato que mais de 55% esperam faturamento maior que no ano passado, com pouco mais de 18% admitindo queda. Nos shopping centers o otimismo é ainda mais nítido, com mais de 77% esperando uma expansão das vendas, contra menos de 19% que registram expectativa pessimista.

O aumento no número dos consumidores que comemorarão o Dia dos Namorados este ano respalda o otimismo dos empresários/gerentes, com mais de 62% dos entrevistados pretendendo comemorar a data, contra 53,7% no ano passado. Embora tenha havido uma diminuição do percentual dos que não comemorarão, sobretudo porque não têm namorado(a), cerca de 15% não o fazem por não ter dinheiro ou estar desempregado.

O que deve puxar as vendas no Dia dos Namorados é o aumento no número dos que comemorarão, já que os preços dos presentes deverão ficar em torno de R$152,00, um valor que em termos reais se iguala ao de 2011. As despesas com serviços também deverão se manter em valores próximos do ano anterior, mas foi registrado um forte aumento na intenção de gastos com comemorações fora de casa, especialmente em restaurantes/pizzarias e hotéis/motéis/pousadas.

“Dentre as várias formas de comemorar a data, a opção pela compra de pressentes é muito forte e deverá ser semelhante a do ano passado, com vestuário, perfumes e calçados cobrindo mais de 70% das compras, das quais quase 60% serão pagas com cartão de crédito e mais de 44% a vista, deixando pouco espaço para outras formas de pagamento”, conclui Luiz Kehrle, consultor da Federação do Comércio. O centro de pesquisa do Instituto Fecomércio-PE entrevistou 633 consumidores e 494 empresários/gerentes na cidade de Caruaru.


Petrolina deve registrar aumento de 9% no Dia dos Namorados

Em Petrolina, tanto os empresários varejistas quanto os prestadores de serviços esperam um bom Dia dos Namorados em 2012. Nos serviços incluídos pela pesquisa da Federação do Comércio de Pernambuco (restaurantes/pizzarias, lanchonetes/bares e hotéis/motéis/pousadas), a expectativa de crescimento de mais de 11% é maior que os quase 8% do comércio tradicional, estando próximo dos cerca de 10% registrado no shopping center.

O otimismo registrado junto aos empresários/gerentes do comércio e dos serviços também é verificado pelo fato de que cerca de 55% esperam aumento no faturamento maior que em 2012, contra pouco mais de 12% que admitem queda. No shopping center, onde mais de dois terços confiam no aumento das vendas, o otimismo é mais nítido que no comércio tradicional. Também nesta área a maioria aposta em um faturamento maior que no ano passado, com pouco mais de 11% admitindo retração.

O grande aumento no número dos consumidores que comemorarão o Dia dos Namorados conflui com o otimismo dos empresários/gerentes. Este ano mais de 64% dos consumidores pretendem comemorar a data contra 46,6% no ano passado. “E mesmo havido um recuo percentual naqueles que não pretendem comemorar, principalmente porque não têm namorado, para pouco menos de 15% desses a comemoração não é feita por não ter dinheiro ou estar desempregado”, lembra José Fernandes, consultor da Fecomércio.

Além do crescimento do número dos consumidores para a data, o aumento de mais de 17% no preço médio dos presentes, que deverá crescer de cerca de R$131,00 para R$154,00, também deve puxar o faturamento. As despesas com serviços devem se manter em valores médios próximos ao do ano anterior, mas foi registrado um aumento considerável no percentual dos que comemorarão fora de casa, especialmente em restaurantes/pizzarias, lanchonetes/bares e hotéis/motéis/pousadas.

Uma das formas de comemorar o Dia dos Namorados é com a compra de presentes e as escolhas deverão ser muito semelhantes as do ano passado com vestuário, perfumes, calçados e jóias cobrindo mais de 76% das compras. As diversas formas de pagamento escolhidas pelo consumidor para a data são cartão de crédito com quase 56% e pagamento a vista 46%, restando poucas opções para as demais formas.  O centro de pesquisa da do Instituto Fecomércio-PE entrevistou 356 consumidores e 273 empresários/gerentes em Petrolina na última semana de maio.

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner