Improvisado, Elicarlos pode ser a opção na zaga na partida contra o Grêmio

Jogador revelou que já atuou na posição pelo próprio Náutico, ano passado, e pelo Cruzeiro

Márcio Rosário está suspenso. Marlon Machucado. César Marques teve sua dispensa anunciada ontem, junto com outros dois jogadores (Rodrigo Tiuí e Ramón). E o Náutico ficou sem opções para a zaga no jogo contra o Grêmio, domingo, nos Aflitos. A única opção que restou foi Gustavo, que não mostrou ser digno de confiança quando acionado durante o Campeonato Pernambucano desse ano. Com isso, o técnico Alexandre Gallo já estuda algumas opções. Uma delas, a improvisação do volante Elicarlos no setor.

Ou melhor, improvisação não. Ao menos para Alexandre Gallo, que não considera a escalação de um jogador fora da função original dele um improviso, caso ele já tenha atuado na posição anteriormente. É o caso de Elicarlos. Embora tenha se destacado como volante, suas características já o fizeram ser escalado em outros setores. "Na minha passagem pelo Cruzeiro, joguei como lateral direito, zagueiro e até lateral esquerdo”, contou o polivalente atleta. "Hoje em dia, o jogador não pode ter somente uma função. Tem que ter duas ou três".

Elicarlos também chegou a atuar como zagueiro no Náutico. Foi no ano passado, durante a Série B, numa situação parecida com a de agora, quando o time estava cheio de desfalques. "O Éverton ia jogar na zaga, mas se machucou e o Bispo que ia no lugar dele também. Então fui escalado. Para mim, não há problema em jogar por ali”, afirmou o volante, que fez o mesmo relato para Gallo, ao ser questionado se poderia atuar na zaga. “Ele me chamou para conversar e perguntou se eu já havia jogado ali. Falei tudo para ele", completou. 

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.