Header Ads

ad

Anvisa prepara norma para entrada de kits antidoping no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) instituiu um grupo de trabalho que vai propor normas para a entrada no país de produtos utilizados nos testes de controle de dopagem durante eventos esportivos.

O procedimento, conhecido como internalização, é necessário para que o Brasil tenha agilidade na realização dos testes antidoping e seja capaz de atender às necessidades dos megaeventos no país, como a Copa do Mundo da FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

O objetivo é desburocratizar o procedimento de entrada dos produtos no país e permitir que o laboratório antidoping que opera no Brasil – Ladetec, da UFRJ – tenha acesso aos produtos e kits necessários.

A proposta é que haja uma norma única que sirva para quaisquer eventos esportivos a serem realizados no país. Em anos anteriores, o Brasil publicou regras específicas de acordo com cada evento realizado, como os Jogos Mundiais Militares de 2011 e os Jogos Pan-Americanos de 2007.

O grupo de trabalho contará com representantes da Anvisa, da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) e do Ladetec – único laboratório brasileiro credenciado junto à Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês). A portaria da Anvisa determina um prazo de 90 dias para a apresentação de uma proposta.

Fonte: Anvisa
Postar um comentário