Header Ads

ad

Índice de confiança do consumidor na economia é o maior desde janeiro de 2011

Mariana Branco
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A confiança do consumidor na economia cresceu em outubro, mostra levantamento divulgado hoje (31) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Índice Nacional de Expecativa do Consumidor (Inec) aumentou 2,8%, na comparação com setembro, e alcançou 116,4 pontos, o maior valor registrado desde janeiro de 2011. Em outubro do ano passado, houve crescimento de 3,1% ante o índice de setembro.
De acordo com a pesquisa, os componentes do Inec indicam otimismo em relação ao desemprego, ao endividamento e à inflação. O índice de expectativa de evolução do desemprego cresceu 9,1% em outubro, na comparação com o mês anterior, o de endividamento aumentou 7,4% e o da inflação, 5,5%.
Segundo a metodologia da pesquisa, o crescimento do índice sempre significa melhora na percepção. "Os brasileiros acreditam na recuperação da economia. Por isso, esperam que os preços e o desemprego não aumentem nos próximos meses", disse o economista Marcelo Azevedo, da CNI.
O Inec deste mês foi apurado com base em 2.002 entrevistas feitas de 18 a 22 de outubro em todo o país.
Postar um comentário