Contra-ataque da CNB sairá após Costa deixar a PCR - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

2 de novembro de 2012

Contra-ataque da CNB sairá após Costa deixar a PCR

(Foto: Nathália Bormann/Arquivo Folha)

O ditado “a vingança é um prato que se come frio” parece se encaixar bem com o pensamento defendido por alguns membros das correntes petistas Construindo um Novo Brasil (CNB) e Articulação de Esquerda (AE), quando o assunto é o prefeito João da Costa. Em reserva, integrantes dessas alas revelaram que vão esperar o gestor deixar o comando da Prefeitura do Recife para, assim, voltar a questionar a sua permanência no partido.
Esse grupo entende que, enquanto João da Costa seguir como prefeito, qualquer contestação a sua atuação na campanha derrotada do senador Humberto Costa à PCR encontrão resistência dentro da legenda. Como, atualmente, o chefe do Executivo municipal detém o poder da caneta, seus aliados mais “volúveis” continuarão a empreender uma “ferrenha defesa”.
Já, no quadro com o prefeito sem o poder que detém hoje, há a esperança, para esses membros da CNB e da AE, de que o seu poder de persuasão sobre muitos dos correligionários não teria o mesmo impacto observado nos dias de hoje. “Ele não vai ser tão poderoso como é agora. Quero ver a sua força toda na planície. O barco vai virar”, atestou a fonte petista.
Na semana passada, um grupo composto por membros da AE e da CNB tentaram aprovar uma resolução de independência em relação ao futuro governo do prefeito eleito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e iniciar a discussão sobre a possibilidade de expulsão do prefeito João da Costa. E, para variar, resultou em uma nova confusão interna que não apresentou resultado final.

Folha de PE
Postar um comentário

Post Top Ad

test banner