Header Ads

ad

Homens se revezam, em jornada de 21 horas, para concluir Arena Pernambuco


Clique na imagem para vê-la em seu tamanho originalAs obras na Arena Pernambuco estão em ritmo acelerado. Mais de quatro mil funcionários se revezam, numa jornada de 21 horas de trabalho, a fim de cumprir o cronograma apresentado à Fifa. O assunto teve destaque, ontem, na audiência em que participou o secretário extraordinário da Copa 2014, Ricardo Leitão. O encontro ocorreu, no auditório do Anexo I, sob a coordenação do Colegiado de Esporte e Lazer da Assembleia Legislativa, presidido pelo deputado Vinícius Labanca (PSB). “Mais de 70% da execução está concluída. O avanço é de 6% a 7% ao mês”, frisou o secretário.

Amanhã, dia 8, será anunciada oficialmente a quantidade de sedes para a Copa das Confederações, realizada de 15 a 30 de junho de 2013. “Se a escolha for por critério técnico, estamos confiantes”, enfatizou Leitão, acrescentando que, por contrato, a Arena deveria ser finalizada em dezembro de 2013. “Estamos entregando o estádio, em abril, com dez meses de antecedência”. O primeiro jogo acontecerá em 14 de abril, às 17 horas, ainda sem equipes definidas.

Orçada em R$ 532 milhões e com financiamentos público e privado, a Arena tem capacidade para 46 mil pessoas e está sendo construída em São Lourenço da Mata.

O secretário ainda apresentou os avanços em outras vertentes, como nos planos de mobilidade, de segurança, de saúde e de qualificação de mão de obra. Entre os exemplos, os viadutos de Bultrins e de Ouro Preto, em Olinda, e a aquisição de novas composições para o metrô do Recife.

O presidente do Consórcio Arena Pernambuco, Marcos Lessa, anunciou que, a partir deste mês, começam as vendas dos assentos e camarotes do estádio, no Shopping Recife. Quanto ao valor do ingresso, Lessa garantiu que será uma média do preço praticado atualmente e que haverá 15 mil lugares para o Programa Todos com a Nota.

A próxima reunião da Comissão está prevista para depois do Carnaval, de acordo com Labanca. “Vamos continuar o debate, fazendo com que as pessoas entendam que a Copa é muito mais que futebol”, pontuou, acrescentando os investimentos e o legado em infraestrutura deixados para a população. À tarde, o presidente da Comissão repercutiu a audiência no Plenário.

Também estiveram presentes ao evento o 1o secretário da Alepe, João Fernando Coutinho; Raimundo Pimentel; Aglaílson Júnior e Waldemar Borges, ambos do PSB; Odacy Amorim (PT); Ricardo Costa e Eriberto Medeiros, ambos do PTC; e Zé Maurício (PP).
Postar um comentário