Empresários brasileiros estão menos otimistas, mostra pesquisa da CNI

Brasília – O otimismo da indústria, medido pelo Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), caiu 1 ponto em dezembro, atingindo 57,4 pontos, de acordo com pesquisa divulgada hoje (17) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Em novembro, o indicador havia marcado 58,4 pontos. O Icei varia de 0 a 100 pontos. De acordo com a metodologia usada, valores acima de 50 pontos indicam empresários confiantes.
Em nota, a entidade atribui o resultado de dezembro ao “fim das encomendas de final de ano e à lenta recuperação da economia”.
Na comparação com dezembro de 2011, quando o índice ficou em 55 pontos, houve aumento de 2,4 pontos. A média histórica do indicador é 59,4 pontos. O índice de dezembro de 2012, portanto, ainda está abaixo desse patamar.
Na indústria de transformação, o Icei diminuiu de 57,6 pontos em novembro para 56,4 pontos em dezembro. Em relação à indústria de construção civil, o índice de confiança caiu de 58,9 pontos para 58,7 pontos no período. Na indústria extrativa, o indicador ficou estável, ao subir de 58,5 pontos para 58,6 pontos.
A pesquisa também revela que os empresários estão “menos otimistas em relação ao futuro”. O indicador de expectativas alcançou 61,1 pontos em dezembro, ante 62 pontos em novembro. Mesmo assim, o resultado supera o de dezembro do ano passado (58,9 pontos).
O levantamento foi feito entre os dias 3 e 13 de dezembro com 2.319 empresas, de pequeno, médio e grande porte.

Luciene Cruz  
Repórter da Agência Brasil
Edição: Juliana Andrade
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.