Ads Top


BNDES poderá financiar consórcios vencedores dos leilões de concessão de rodovias

O déficit da Previdência ficará dentro do esperado em 2013, disse hoje (16) o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho. Segundo o ministro, o início da operação da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp) ajudará a mitigar o problema recorrente do déficit previdenciário.
"O Funpresp é solução para o futuro da Previdência.  Sem o Funpresp, a previdência pública no Brasil  não teria condições de enfrentar os dias futuros. Seria pior do que o que está acontecendo na Europa", disse o ministro. Garibaldi deu as declarações ao chegar para uma reunião no Ministério do Turismo.
O Funpresp começa a funcionar em 1° de fevereiro e irá administrar planos de benefícios previdenciários para complementação de aposentadorias e pensões concedidas pelo regime de Previdência da União a novos servidores federais. A fundação terá o aporte inicial de R$ 50 milhões e autonomia administrativa e financeira.

Mariana Branco
Repórter da Agência Brasil
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.