Brasil encerra 2012 com venda recorde de 3,8 milhões de veículos

f0a7403eaf27220c4ae7a9839272e619.jpg
O Brasil é o quarto maior mercado de venda de carros do mundo
Foto: Arquivo


A indústria automobilística do Brasil registrou vendas recorde de 3,8 milhões de veículos em 2012, um ano marcado por uma queda na produção e um colapso das exportações. Em 2012 as vendas subiram 4,6% em relação ao ano anterior, enquanto a produção caiu de 3,4 milhões de veículos em 2011 a 3,343 milhões este ano (-1,9%), segundo dados anuais da associação de fabricantes Anfavea divulgados nesta segunda-feira.

Esta é a primeira queda na produção desde 2002. O retrocesso foi provocado pela forte queda das exportações, em um contexto de crise internacional.

As vendas foram influenciadas positivamente pela redução, em meados do ano passado, do imposto aos produtos industrializados (IPI), uma das medidas implantadas pelo governo para estimular o crescimento da economia.

A redução do IPI, que deveria ser encerrada em agosto de 2012, foi prorrogada até este ano e o benefício será reduzido gradualmente até voltar a seu nível anterior no começo do segundo semestre. "As medidas do governo para estimular o consumo representaram 400.000 unidades adicionais", destacou em coletiva de imprensa o vice-presidente da Anfavea, Luiz Moan Yabiku.

"Esse retorno gradual aos níveis anteriores (do IPI) é a melhor solução", acrescentou o dirigente, explicando que assim poderão ser estimuladas as vendas no primeiro semestre, historicamente mais lento que a segunda metade do ano.

A Anfavea projeta crescimento das vendas entre 3,5% e 4,5% em 2013 em comparação a 2012, até 3,9 milhões de unidades. A produção pode chegar a 3,5 milhões de unidades, uma alta de cerca de 4,5% em relação a 2012.

O Brasil é o quarto maior mercado de venda de carros do mundo atrás dos Estados Unidos, China e Japão.

Fonte: AFP
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.