Ads Top


Dilma pode ter mais de uma agenda em PE

Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
A primeira visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Pernambuco pode englobar mais de uma agenda. Segundo o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), o encontro da petista com o governador Eduardo Campos (PSB), no último sábado (5), num almoço, poderá render outros compromissos administrativos, além da inauguração da Adutora do Pajeú, em Serra Talhada, numa eventual passagem pelo Estado, no fim deste mês.
A presidente Dilma Rousseff manifestou desejo ao ministro de ter uma agenda voltada para os recursos hídricos na Região. Além de Pernambuco, a petista planeja passar pelos Estados de Piauí e Paraíba. “O governador teve uma conversa com a presidente e pode ter outras agendas. A presidente me pediu para organizar uma agenda voltada para recursos hídricos, lá no Interior”, revelou o ministro Fernando Bezerra Coelho, durante agenda com o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), nesta segunda (7).
Em visita à adutora, pela manhã, o ministro mostrou-se entusiasmado com o andamento das obras. Fernando Bezerra Coelho revelou que até a quarta-feira (16) a água deverá chegar ao município de Serra Talhada. Após a entrega do líquido, serão necessários até dez dias para testes na benfeitoria.
“Fui à captação, à estação elevatória dois e à estação elevatória três. Se espera que a água chegue a Serra Talhada entre terça e quarta da próxima semana. Só que numa adutora como essa, que tem 118 quilômetros de extensão, se precisa de oito a dez dias para fazer todos os ajustes, condicionamento de bombas, equipamentos mecânicos, solucionar alguns vazamentos que ocorrerão por pressão. Então, definimos que do dia 25 a 31 seria o dia ideal para a presidente Dilma poder fazer a solenidade da entrega da obra”, cravou o ministro.
Conversa com Eduardo Campos
Embora nos bastidores seja cogitado que a conversa entre o governador Eduardo Campos e a presidente Dilma, no fim de semana, tenha girado em torno de uma possível indicação do socialista para compor à vice, na chapa em 2014, o ministro Fernando Bezerra mostrou-se satisfeito com o encontro. Ele disse que a reunião significa unidade no mesmo projeto político. “Fiquei muito feliz com o fato de o governador almoçar com a presidente, ter batido um grande papo com ela porque temos uma pauta administrativa muito grande pela frente e vamos ter um 2013 melhor que 12. Isso significa que estamos juntos num só projeto político e vamos trabalhar não só por Pernambuco como pelo Brasil”, afirmou. 

Da FolhaPE
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.