Diretora-presidente da Funape aponta metas estratégicas para 2013

/image/journal/article?img_id=5359773&t=1357566165975

Crédito: Kácia Guedes

O ano de 2013 começou e as metas para o período já fazem parte do dia-a-dia dos servidores das instituições governamentais. Tatiana Nóbrega foi empossada como diretora-presidente da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape) no dia 28 de dezembro e já tem em mente os desafios a serem superados. Disseminação da cultura previdenciária e utilização de biometria para recenseamento de aposentados e pensionistas são alguns dos focos.
 
Tatiana apontou a necessidade de investir na cultura previdenciária, conscientizando e esclarecendo a população sobre a importância da previdência social. “Infelizmente ainda há muito desconhecimento sobre o tema, o que nos obriga a dedicar maiores esforços em programas de educação previdenciária”, disse. 

Surgiu, então, a proposta de criação de um processo de educação permanente através de ações de comunicação e relacionamento com órgãos governamentais e a sociedade em geral para divulgar a missão da Funape, promovendo a disseminação de informações sobre o segmento.
 
Outra meta para o ano é a criação de um programa de preparação para a aposentadoria e de valorização da pós-aposentadoria, estimulando ações de integração dos segurados do Regime Próprio de Previdência dos Servidores do Estado de Pernambuco através de cursos, palestras e workshops. Estas atividades estarão focadas na promoção de qualidade de vida dos servidores em sua passagem para inatividade.
 
Biometria – o recurso tecnológico da biometria será utilizado no recenseamento de aposentados e pensionistas, que será sistematizado para o aprimoramento do controle de pagamento de benefícios previdenciários mediante validação de vida e atualização de dados cadastrais.
 
“Em 2013 esperamos também fortalecer a política de gestão de pessoas com a estruturação do quadro próprio da Funape. Acredito que estas ações ajudarão a nossa constante missão de consolidar o órgão como instituição que adota boas práticas de gestão de regimes próprios de previdência social”, contou Tatiana.

 

 

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.