Ads Top


Embarcações de Noronha são removidas para local seguro devido a ondas gigantes


 (Ascon Noronha/Divulgação)
As ondas gigantes que atingem o arquipélago de Fernando de Noronha desde a noite desta terça-feira (16) levaram o Instituto Chico Mendes, que controla toda a área do Parque Nacional Marinho nas ilhas, a recomendar a remoção imediata  das embarcações do Porto de Santo Antônio para a Praia do Sueste. Atualmente, 100 barcos são cadastrados e devem ser retirados. Na terça, quando as primeiras ondas foram sentidas, quatro estavam ancorados no mar e naufragaram. Outros dez, que estavam na costa, foram destruídos pela força das ondas, bem como duas barracas da orla. Nesta manhã, o local foi interditado.

 (Ascon Noronha/Divulgação)


O swell é um fenômeno natural contínuo que gera ondas gigantes por conta da força dos ventos oceânicos. Neste caso específico, teria sido causado por uma tempestade oceânica na costa dos Estados Unidos que se propagou para o Atlântico Sul em forma de ondas.

Durante toda a madrugada, dois tratores, moradores, policiais militares e bombeiros trabalharam para fazer a remoção dos destroços. De acordo com o administrador da ilha, Romeu Neves Baptista, e o engenheiro de pesca Leo Veras, este foi um dos maiores swells já registrado no arquipélago e havia sido previsto pela Marinha na tábua de marés. Não houve feridos, apenas danos materiais.

Previsão - O arquipélago de Fernando de Noronha pode presenciar as maiores ondas dos últimos dois anos nesta quarta (16) e quinta-feira (17). Um fenômeno conhecido como swell, que causa ondas gigantes, atingiu as ilhas no início da noite da terça (15) e deve se estender com ondas de até cinco metros ao longo do dia. 

Estrutura
O Porto de Santo Antônio passou por reforma no último ano quando houve reforço no muro de contenção do mar, uma barreira de pedras. Apesar dos danos materiais nos barcos e estabelecimentos, não foram registrados grandes estragos no porto.
 
Fonte: DiárioPE
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.