Gallo é o novo técnico da seleção brasileira sub-20 e deixa o Náutico

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, confirmou o técnico do Náutico, Alexandre Gallo, como novo comandante da seleção brasileira sub-20. O anúncio foi feito nesta terça-feira, durante uma homenagem ao ex-treinador e jogador, Mário Jorge Lobo Zagalo, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. Com a nova função ele deixa o comando do Náutico e tudo será explicado dentro de instantes numa entrevista coletiva.
O dirigente também agradeceu ao Náutico, que, segundo ele, não colocou nenhum obstáculo para Gallo assumir a garotada. "Quero aproveitar para agradecer ao Náutico, que não criou nenhum obstáculo para que o Gallo venha ser o técnico da Sub-20. Trata-se de um profissional experiente que vem fazendo um bom trabalho pelos clubes os quais passou e por isso está credenciado para comandar a Sub-20."

Gallo entra no lugar de Emerson Ávila, demitido após o fiasco no Sul-Americano Sub-20. O Brasil foi eliminado na primeira fase e não vai ao Mundial da categoria.
O presidente alvirrubro, Paulo Wanderley, soube da informação na noite de segunda-feira (28) e não havia como segurar, pois é um projeto de longo prazo aliado a um anseio de o treinador comandar uma seleção nacional. "É um planejamento que vai até 2016. Ele já teve proposta de vários clubes e tinha pretensão de ficar no Náutico", explicou.
Mesmo assim, ele viu um ponto positivo, que é a valorização do trabalho que o timbu vem fazendo nas divisões de base, já que além de Gallo, o auxiliar Maurício Copertino, o preparador físico Eliot Alves e o treinador de goleiros, Eduardo Bahia, também formarão a comissão técnica da seleção. Os dois últimos, no entanto, ficam nos Aflitos e só se juntam à seleção em competições.

Gallo ainda comanda o sub-20 do Náutico no jogo contra o Pesqueira, nesta quarta (30), nos Aflitos, pela quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Pernambucano.

Fonte: Blog do Torcedor
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.