Ads Top


Mesmo com chuva, foliões lotam as ladeiras de Olinda

e28854e3515392487b48c6ebfa3c818b.jpg
Baianas, pais e filhos de santo lotaram as ladeiras de Olinda para reverenciar
os orixás e pedir paz e proteção para 2013
Fotos: Guga Matos/JC Imagem

Do NE10
Nem a chuva que deixou o céu do Grande Recife cinza neste domingo (13) afastou os foliões da festa pré-carnavalesca nas ladeiras de Olinda. Em um fim de semana de prévias, ensaios de maracatu e da tradicional lavagem das escadarias do Bonfim, a Cidade Alta ficou colorida.
http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa02.jpg
http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa03.jpg
Frevo e batuques se misturaram. Ao mesmo tempo que a Pitombeira dos Quatro Cantos saiu pelas ruas antecipando a pernambucanos e turistas a animação do Carnaval, que começa no dia 9 de fevereiro, maracatus "arrastaram" pelas ladeiras, mostrando os seus toques.
http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa01.jpg
Mas a festa de Olinda não é só profana. O sincretismo religioso entre catolicismo e candomblé da lavagem das escadarias da Igreja do Nosso Senhor do Bonfim, no Sítio Histórico, encheu o Alto da Sé de baianas e pais e filhos de santo.
http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa04.jpg


Acompanhados de foliões que queriam pedir boas vibrações, os seguidores do candomblé fizeram a lavagem este ano em um lugar diferente: o adro da Igreja da Sé, terreno que fica em frente ao templo. A capela do Bonfim está fechada para reforma, mas os organizadores da lavagem esperam que seja reaberta para a cerimônia do próximo ano.

http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa05.jpg


A cerimônia, realizada para pedir paz para o ano que começa, teve dois louvores no domingo em que faz 30 anos. A primeira foi no Alto da Sé, local onde foi registrada a maior concentração de pessoas, segundo o coordenador do evento, Nelson Raimundo. Depois, foi a vez da Igreja do Bonfim, onde alguns fiéis esperavam, seja por não saber da mudança ou para não fugir do tradicional.

http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa06.jpg


Religiosos e foliões saíram da Sé por volta das 17h, em um cortejo até o Culto Afro Nossa Senhora do Carmo, no bairro de Jardim Brasil, também em Olinda. Lá, os tambores do Afoxé Povo de Odé tocaram por cerca de 20 minutos para Oxalá.

http://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/imagens/olinda-previa07.jpg
Os tradicionais papangus de Bezerros também invadiram Olinda neste domingo

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.