Ads Top


Obras para a Copa do Mundo ampliarão em 81% capacidade de recepção de passageiros no país

Os aeroportos administrados pela Infraero nas cinco regiões do país receberam investimentos para ampliar o conforto e a segurança oferecidos aos passageiros e usuários, além de atender a demanda pelo transporte aéreo. Os destaques são para os serviços de construção, reforma e ampliação de terminais de passageiros, instalação de módulos operacionais e melhorias em pistas, incluindo os aeroportos que serão mais usados durante a Copa do Mundo de 2014.

Os empreendimentos de reforma e construção de terminais de passageiros aumentarão em 81% a capacidade de recepção de passageiros nos aeroportos do Mundial. O terminal de passageiros do aeroporto de Natal foi reformado e ampliado, ganhando novas salas de embarque e desembarque, dois novos elevadores, duas novas escadas rolantes na área de desembarque, 12 novos balcões de check-in, além de novos sanitários. Ao todo, R$ 16,4 milhões foram investidos.

Diversas pistas de pouso e decolagem nos aeroportos também passaram por melhorias em 2012, totalizando investimentos de R$ 62,2 milhões. No terminal de Fortaleza a pista de 2,54 mil metros foi toda recuperada.

O estacionamento do terminal de Curitiba teve sua área ampliada. No Afonso Pena, as obras aumentaram em 225% o número de vagas. O investimento da Infraero no aeroporto foi de cerca de R$ 12,7 milhões e compreendeu a expansão da área pavimentada, implantação de sistema de drenagem e cobertura de acesso aos pedestres e novas cancelas de entrada e saída do estacionamento, dentre outros serviços.

Melhorias também foram concluídas nos aeroportos concedidos à iniciativa privada, como parte das obrigações da Infraero nesses terminais. Com área operacional de 12,2 mil m² e investimentos da ordem de R$ 85,7 milhões, a entrega do Terminal 4 em Guarulhos (SP) aumentou a capacidade do aeroporto de 25,9 milhões para 31,4 milhões de passageiros ao ano.

Brasília também concluiu a ampliação da sala de embarque remoto do satélite norte do terminal de passageiros, que aumentou a área disponível de 482 m² para 902,89 m² e incluiu mais dois portões de embarque. Além disso, foram concluídos os novos sanitários nos saguões de embarque e desembarque.

Em 2012, além de grandes obras, a Infraero também investiu na aquisição de mobiliário para salas de embarque e desembarque, sistemas de segurança e vigilância, veículos operacionais, equipamentos de navegação aérea, painéis informativos de voos, esteiras de bagagens, balcões de check-in, entre outros itens.

Fonte: Infraero
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.