Boate incendiada no Recife corre risco de desabar

IC e Codecir estiveram no local na manhã desta quinta-feira. As causas do incêndio vão ser investigadas 
 
O prédio incendiado na avenida Marquês de Olinda, no Bairro do Recife, foi vistoriado na manhã desta quinta-feira por peritos do Instituto Criminalista (IC) e pela Coordenadoria de Defesa Civil do Recife, a Codecir, e foi constatado que o risco de desabamento do prédio é grande. A área continua isolada por tempo indeterminado.
No prédio, de quatro pavimentos, funcionava além da boate pub O’Lucky Irish, a seguradora Capemisa, no térreo; no primeiro andar o restaurante Seu Marquês, e no terceiro andar o depósito do bar e restaurante. De acordo com o gerente Thiago Araújo, o prédio foi alugado a cinco meses e havia passado por reforma na estrutura e na parte elétrica. Ainda segundo Thiago, não tinha ninguém no local na hora do incêndio já que o funcionamento do restaurante era até as 14h, e o pub funcionava de quinta à domingo.
As causas do incêndio vão ser investigadas e a hipótese de incêndio criminoso está afastada. O fogo teve início por volta da 0h, desta quinta-feira (21), e só foi controlado por volta das 2h30 da madrugada. Para conter o fogo foram deslocadas oito viaturas e 50 homens do corpo de bombeiros. Na ação, os homens da corporação utilizaram cerca de 40 mil litros de água.
Segundo testemunhas, o incêndio teria começado no segundo piso e se alastrado rapidamente para os demais pavimentos.Com informações da Folha de PE
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.