Pedetista critica comando do partido no Estado e comenta criação do Solidariedade - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

.

29 de abril de 2013

Pedetista critica comando do partido no Estado e comenta criação do Solidariedade

Rinaldo Júnior disse que ficou frustrado com atuação autoritária do partido

O vice-presidente da Força Sindical em Pernambuco, Rinaldo Júnior (PDT), comentou nesta sexta-feira (26) em entrevista à Rádio Folha FM 96,7 a criação do Partido Solidariedade pelo deputado federal, Paulinho da Força (PDT-SP), e teceu críticas a gestão do PDT em Pernambuco.
Afiliado há três anos, Júnior alfinetou o comando do partido no Estado. “Não posso falar no âmbito nacional, mas fico frustrado com a atuação autoritária do partido no Estado”, criticou Júnior, em alusão a decisão do presidente do partido em Pernambuco, Zé Queiroz, em barrar a candidatura do deputado federal, Paulo Rubem, à Prefeitura do Recife.
Segundo pedetista, a criação do partido [Solidariedade] é justa e clara, além de ser importante para os trabalhadores. “Um partido sindical é mais conveniente para os trabalhadores. Há as bancadas dos evangélicos, agricultores e queríamos aumentar estas bancadas”, explicou o sindicalista, e explicou que a Força Sindical é pluripartidária.
Quanto a qual candidato apoiar nas eleições presidenciais em 2014, o sindicalista ficou em cima do muro. “O governador Eduardo Campos é candidato, caminha para isso. Gosto muito dele, mas admiro demais a presidente Dilma”, tergiversou, sem repostas. No entanto, ele não deixou de cutucar a presidente. “Dilma infelizmente não deu o carinho que Lula deu as causas sindicais, como condições de trabalho, mobilização da bancada para aprovar nossas causas, entre outras coisas”, argumentou.
Sobre o apoio do Partido Solidariedade, Júnior foi sucinto: “Acredito que Paulinho está decidido por Campos, tanto que o governador é convidado de honra para a festa da Força Sindical dia 1º de maio em São Paulo. Não acho que isso não tem volta”. 

 Fonte: Folha de Pernambuco

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner