Cabo de Santo Agostinho ganha Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

10 de junho de 2013

Cabo de Santo Agostinho ganha Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher

DSC_0480
O município do Cabo de Santo Agostinho agora tem mais uma aliada no combate à violência contra a mulher. É que nesta segunda-feira (10/06), foi realizada a solenidade de implantação da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. O evento aconteceu na sede da Vara, que fica localizada na Rua Doutor Manoel Clementino Cavalcante, nº 96, no Centro, e contou com diversas autoridades municipais e dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo. A vice-prefeita, Edna Gomes, prestigiou a solenidade.

A nova unidade judiciária será coordenada pela juíza titular da 3ª Vara Cível do Cabo, Hélia Viegas, que vai atuar na Vara em regime cumulativo, até a designação de um novo magistrado para responder permanentemente pela unidade. Para Hélia, é uma imensa satisfação poder colaborar com a minimização desse crime que só cresce no mundo inteiro. “Tenho certeza de que, juntos, iremos fazer um atendimento célere e humanizado, pois precisamos desta prestação de serviço com eficiência para diminuir essa violência contra as mulheres”, declarou. A unidade também atenderá às demandas do município de Ipojuca. 
DSC_0475
Para Edna Gomes, o Cabo vem se preparando para batalhar contra esse tipo de violência. “Estamos aqui para contribuir com a diminuição desse crime praticado contra as mulheres do nosso município. O prefeito Vado da Farmácia não tem medido esforços para que juntos possamos tomar todas as providências possíveis para solucionar esse problema”, destacou. “Essa Vara vem ajudar mais ainda no combate à violência contra a mulher, bem como a união e dedicação dos entes que fazem a justiça, que são o Judiciário, a OAB, Defensoria Pública e Ministério Público, além do Executivo”, comentou o procurador Geral do município, José Feliciano Barros.
A Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do município vai iniciar suas atividades com processos redistribuídos pelas varas criminais das duas comarcas (Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca). Os referidos processos tratam de temas na Lei Maria da Penha, incluindo ação penal e medidas protetivas de urgência. De acordo com o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, o desembargador Jovaldo Nunes, todas as providências devem ser tomadas para sanar esse crime. “Estamos aqui hoje inaugurando mais uma unidade da Vara da Mulher e é com esse intuito que apelo para todas as autoridades que se mantenham juntas e firmes para combater essa criminalidade”, relatou.
DSC_0493
A secretária da Mulher do Cabo, Maria Tereza Claudina, falou sobre a importância da implantação da Vara para as mulheres cabenses. “Isso é um ganho para o município, visto que a cidade vem crescendo no âmbito do desenvolvimento econômico e os casos de violência contra a mulher vêm aumentando”, disse. A unidade contará com uma equipe formada por uma assistente social e uma psicóloga. Para fazer denúncias basta ligar para os telefones: 3521-0070 ou 3521-9493.
 

Texto: Thainá França – Secom | Cabo
Fotos: João Barbosa
Postar um comentário

Post Top Ad

test banner