Andar de táxi vai ficar 6,15% mais caro no Recifea partir desta segunda. Ipem começa a alterar taxímetros - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

.

5 de julho de 2013

Andar de táxi vai ficar 6,15% mais caro no Recifea partir desta segunda. Ipem começa a alterar taxímetros

O Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) inicia na próxima segunda-feira o processo de vistoria e fiscalização dos taxímetros e a mudança de tarifas.  O processo só vale para os táxis com placas do Recife, após aumento concedido pelo Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) de 6,15% para capital pernambucana.

Os taxistas deverão se dirigir ao Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão), que fica na avenida Mascarenhas de Moraes, no bairro da Imbiribeira, no Recife. Os trabalhos serão feitos no estacionamento localizado nos fundos do Ginásio, mas o acesso será pela rua Guadalajara. O atendimento será de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 13h, de acordo com as terminações das placas, divulgadas na tabela do edital. 

Para agilizar o atendimento, o proprietário do veículo deve estar munido dos seguintes documentos: certificado original (1ª via) da última verificação, juntamente com o veículo, Certificado e Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV), expedido pelo Detran, e o Termo de Permissão da Prefeitura (atualizado).

Casos Especiais

O Ipem orienta e determina que os veículos de empresa deverão apresentar os documentos exigidos e o Cartão do CNPJ; Os Táxis Especiais deverão atender as mesmas exigências previstas no edital; Os proprietários cujos táxis encontrem-se na oficina para reparos mecânicos, deverão comparecer  à sede do Ipem-PE na data indicada na tabela, de acordo com a sua terminação, munidos dos documentos exigidos,  para agendar a vistoria.

Orientações             

Após a vistoria e concluída a fase de expedição da ordem para a abertura do taxímetro, os taxistas deverão comparecer à sede do Ipem-PE na data agendada, apresentando a GRU (Guia de Recolhimento da União) quitada para a verificação do Instrumento de Medição.

O taxista que não comparecer no prazo agendado, receberá um auto de infração, e estará sujeito às penalidades previstas na legislação.
Postar um comentário

Post Top Ad

test banner