Após assembleia geral, motoristas e cobradores decidem continuar a greve - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

3 de julho de 2013

Após assembleia geral, motoristas e cobradores decidem continuar a greve

Divulgação
Após o fim da reunião, os grevistas sairão em passeata acompanhados de um carro de som
Atualizada às 18h00
Após a realização de uma assembleia, na tarde desta quarta-feira (03), a liderança do Movimento de Oposição Rodoviária, juntamente com os trabalhadores, decidiu pela continuidade do movimento grevista. O grupo, formado em sua maioria por motoristas e cobradores de ônibus, esteve concentrado no Parque 13 de Maio, na área central do Recife e classificou a decisão da Justiça do Trabalho como desrepeitosa, não atendendo aos interesses da categoria.
Atualizada às 17h30
No aguardo de um número maior de membros da categoria, para dar início a uma assembleia geral, os rodoviários recebem o apoio do movimento intitulado de Passe Livre, que também realizam uma manifestação, na tarde desta quarta-feira (03). Os rodoviários indicam que devem continuar de braços cruzados, caso não seja sinalizado algum ponto positivo, dentro das reivindicações dos trabalhadores. No momento, o grupo já atinge a marca de 1.000 pessoas, interrompendo completamente o tráfego na rua do Hospício, na área central do Recife. A previsão é de que os manifestantes marchem em direção a Assembleia Legislativa de Pernambuco, na rua da União. O ato está sendo acompanhado por um efetivo da PM.
Publicada às 16h31
Alguns grevistas e líderes da Oposição Rodoviária CSP Conlutas estão reunidos, neste momento, no cruzamento da avenida Visconde de Suassuna com a Cruz Cabugá, onde deverão, logo mais, realizar uma assembleia para discutir os rumos do movimento. Eles esperam a formação de um quorum maior, já que muitos não estão conseguindo chegar ao local exatamente pela falta de ônibus. O trânsito está bloqueado nas imediações.
Após o fim da reunião, os grevistas sairão em passeata acompanhados de um carro de som até a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), onde tentarão sensibilizar os deputados sobre os anseios da categoria e, dessa forma, conseguir a abertura de um canal de diálogo entre as partes, mas sem a participação do sindicato vigente. Além disso, estão sendo recolhidas assinaturas para serem encaminhadas ao Ministério Público do Trabalho, com o intuito de exigir a dissidência do atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Pernambuco, Patrício Magalhães.
Um grupo de 200 manifestantes que estão neste momento nas imediações da praça do Derby participando de um ato pelo passe livre e qualidade do transporte divulgaram que irão marchar até o 13 de Maio para se integrarem à manifestação dos rodoviários.
Mais informações em instantes

Fonte: FolhaPE
Postar um comentário

Post Top Ad

test banner