Header Ads

ad

Paulista vai investir R$ 12 milhões na construção do novo mercado de Paratibe

Foto: Almir Martins
Espaço relegado há 30 anos, o velho mercado do bairro de Paratibe, em Paulista, está com os dias contados. A atual gestão do município vai investir um montante de R$ 12 milhões na edificação de um novo centro comercial na comunidade. O futuro empreendimento vai contar com 104 boxes, quase o dobro da estrutura existente, e deve beneficiar cerca de 100 mil pessoas do próprio bairro e das localidades vizinhas. A obra terá um prazo de execução de dez meses e ficará a cargo da Secretaria de Infraestrutura. A iniciativa é fruto de uma parceria com o Governo do Estado.
       
Um terreno, no valor de R$ 1.009.126,80 e com uma área de 9.179,77m², já foi desapropriado pela prefeitura para implantação do prédio. O futuro complexo comercial vai ficar justamente por trás do mercado em funcionamento. O processo para contratação da empresa responsável pela obra se encontra na etapa de licitação aguardando a publicação de edital.         
       
O novo mercado será construído em pré-moldado, com uma área total coberta de 4.700m². O espaço interno vai ser dividido em setores com a proposta de abrigar hortifrutas, açougues, pescados, grãos em geral, entre outros. No local, também serão montados espaços de convivência, como praças arborizadas, lanchonetes, e pontos de acessibilidade. O projeto prevê ainda a criação de estacionamento com 90 vagas, em um trecho estratégico do terreno que dará acesso as ruas José Tertuliano da Silva e a Maria Ivete Lopes. Todas as áreas vão ter piso de blocos intertravados.

Além da estrutura, a Secretaria Municipal de Infraestrutura também vai ampliar e requalificar a Praça da Liberdade, que fica na principal via de acesso ao local, a Av. Lindolfo Collor. O atual espaço do mercado será demolido após a construção do novo imóvel e vai se transformar no pátio de feira livre. Barracas padronizadas serão montadas no local para acomodar os comerciantes que negociam esporadicamente seus produtos.

Foto: Almir Martins

CENÁRIO DE MOMENTO – O atual mercado de Paratibe é caracterizado pela falta de padronização dos boxes, comerciantes atuando na informalidade, barracas ocupando os passeios e a faixa de rolamento, banheiros em situação precária, canaletas abertas, iluminação inapropriada, entre outras falhas. 

As informações são da Assessoria de Imprensa da Prefeitura do Paulista
Postar um comentário