Zoo do Recife ganha carros elétricos e anuncia teleférico

7ea2a7eb92b00da39194efeedf742a2f.jpg
Os carros elétricos comprados para transportar visitantes têm três bancos, 
cada um para duas pessoas, e espaço para cadeira de rodas
Foto: Divulgação

Do NE10
Visitantes do Parque Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, que têm mobilidade reduzida poderão acessar as áreas do zoológico em três carros elétricos a partir desta terça-feira (8). Os veículos podem transportar até sete pessoas, sendo uma em cadeira de rodas, ou 900 quilos. O horto anunciou ainda a implantação de um teleférico para o mirante do Morro do Chapéu do Sol, ponto mais alto do parque.
Além dos três carros elétricos que serão usados pelos visitantes, o Parque Dois Irmãos comprou outros dois do tipo rebocador, destinados ao uso das equipes técnica e de manutenção. Os veículos, que funcionam com bateria recarregável automática do tipo bivolt (110/220V), custaram R$ 257,6 mil.

carroeletrico_doisirmaos
As equipes de manutenção também ganharam carros elétricos

Em evento realizado nesta terça-feira para apresentar os carros, a Secretaria de Meio Ambiente anunciou também o plano de reformas para a modernização do zoológico. O objetivo das obras, que devem começar em janeiro de 2014, é elevar Dois Irmãos à categoria de bioparque. O custo das três fases do serviço deve ser de R$ 40 milhões.
O projeto dividido em três etapas que podem ser realizadas simultaneamente inclui a readequação dos 70 recintos já existentes no parque e a construção de 52 novos para receber a ampliação no número de animais, que hoje é de aproximadamente 600, para 2 mil. A primeira parte engloba o núcleo técnico-administrativo, a segunda fase é a da reforma dos recintos e a terceira, do teleférico que permitirá um passeio aéreo pela Mata Atlântica até o Morro do Chapéu do Sol.

Para tornar reduzir as barreiras visuais para os visitantes e tornar os ambientes o mais próximo possível dos habitats naturais dos animais, materiais como grades de ferro e muros de concreto serão substituídos por estruturas em vidros-filme, réplicas de rochas, alamedas e cercas ocultas com muita vegetação. Um exemplo é o recinto de imersão, o walk through, protegido por telas suspensas para abrigar répteis, pequenos mamíferos e aves.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.