Programa Vida Nova garante direitos às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade do Paulista

As crianças e adolescentes que residem no Paulista e estão em situação de rua, trabalho infantil ou já sofreram algum tipo de abuso sexual vão passar a ser atendidas na nova unidade do Programa Vida Nova. A iniciativa, que é fruto de parceria entre a Secretaria Municipal de Políticas Sociais, Esportes e Juventude e o Governo de Pernambuco, vai beneficiar 100 jovens em situação de vulnerabilidade social. O lançamento do programa ocorreu nesta terça-feira (10.12), no Instituto Social e Educacional de Artes e Ofício Dom Hélder Câmara, na comunidade do Tururu, no Janga. Durante o evento, houve uma apresentação cultural com as crianças assistidas na entidade.

O público-alvo do Vida Nova em Paulista será as crianças e adolescentes com faixa etária de 07 a 17 anos. Os beneficiários terão a oportunidade de desenvolver atividades nas áreas de direitos humanos, arte, cultura, esporte, lazer, educação, cidadania, sexualidade, drogas, meio ambiente, empreendedorismo, dentre outros. Os conteúdos serão repassados por meio de oficinas, aulas expositivas e práticas, passeios, permitindo o aprendizado de forma construtiva.
       
Todas as atividades serão realizadas na Associação Santa Clara e no Instituto Social e Educacional de Artes e Ofício Dom Hélder Câmara. As duas instituições firmaram parceria com a atual gestão municipal e vão receber os encaminhamentos dos serviços da assistência social existentes na cidade. Com a iniciativa, a Secretaria de Políticas Sociais, Esportes e Juventude vai ampliar a garantia de direitos no município, dentro da perspectiva de fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.