Ads Top


Recife lança programa de robótica escolar pioneiro no Brasil

Ação chegará a mais de 80 mil estudantes da rede municipal, que começam a usar essa tecnologia ainda no primeiro semestre de 2014, em uma parceria com a LEGO ZOOM.

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
A Prefeitura do Recife tornou-se a primeira do Brasil a levar a tecnologia dos robôs a todas as séries de sua rede de ensino. O prefeito Geraldo Julio lançou o Programa Robótica na Escola nesta quinta-feira (6), em parceria com a LEGO ZOOM, representante exclusiva no país da LEGO Education. Nos próximos meses, mais de 80 mil alunos da educação infantil até o ensino fundamental darão os primeiros passos no aprendizado dessa tecnologia, que permeará todas as disciplinas. A PCR investe R$ 30 milhões no programa.

Ao longo de fevereiro e março deste ano, os professores da rede municipal passarão por uma formação para utilizar a robótica em suas atividades com os estudantes. A LEGO ZOOM será responsável por implantar essa metodologia, ao lado da equipe de tecnologia da Secretaria de Educação do Recife. Em seguida, a robótica chegará às salas de aula de todas as 302 unidades de ensino do município. O material didático será fornecido pela companhia.
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Durante o lançamento do programa, o prefeito destacou o pioneirismo da capital pernambucana e incentivou 160 estudantes a se interessarem ainda mais pelos estudos. “O Recife era uma cidade que costumava receber as novidades e depois ficava sempre atrás. Mas hoje, no País inteiro, não existe uma cidade que vai ter um programa de robótica deste tamanho. Queremos que vocês aproveitem isso, porque queremos que tenham as melhores oportunidades. Os equipamentos que vocês vão ter na escola são os melhores do mundo”, ressaltou.

A robótica entrará no cotidiano dos alunos do Recife já a partir da educação infantil, com a linha de blocos de encaixar da LEGO ZOOM, também direcionada para as crianças dos anos iniciais do ensino fundamental. Já os estudantes do 6º ao 9º ano vão aprender a trabalhar com a linha de eletrônica e programação de computadores. Os robôs humanoides da Aldebaran Robotics também vão ser programados pelos alunos mais velhos para desenvolver atividades com os mais novos.

Além disso, a robótica será uma disciplina à parte nas cinco primeiras Escolas Municipais em Tempo Integral (EMTI), que iniciam as aulas segunda-feira (10). Os alunos do 6º ao 9º ano das escolas Pedro Augusto, na Soledade, Divino Espírito Santo (Caxangá), Antônio Heráclio do Rêgo (Fundão), Nadir Colaço (Macaxeira) e Dom Bosco (Jardim São Paulo) serão os primeiros a terem essa disciplina em sua grade curricular.

Na opinião do presidente da ZOOM, Marcos Wesley, a introdução da robótica nas escolas municipais do Recife dará a chance de os estudantes se inserirem no mundo da tecnologia com criatividade e competitividade. “Vocês estão tendo o privilégio de participar de um projeto que vai despertar sonhos. O sonho de vocês poderem ser o que quiserem. Esta tecnologia está nas melhores escolas do mundo, por isso quero parabenizar a liderança do Recife pela ousadia de implantar este programa”, afirmou.

Para o secretário de Educação do Recife, Valmar Corrêa, a robótica cumpre um papel fundamental também na promoção da cidadania. “Estamos procurando estimular esse aprendizado desde a infância, para que os nossos alunos saiam do ensino fundamental e ingressem no ensino médio com uma formação muito melhor do que aqueles que não tiveram essa experiência. Serão cidadãos brasileiros mais éticos e comprometidos com seu município e sua nação.”

FILME – Para comemorar o lançamento do Robótica na Rede, 1.400 estudantes de 35 escolas municipais do Recife assistiram, na manhã desta quinta (6), à pré-estreia mundial do filme Uma aventura Lego no Cinemark, do RioMar Shopping. A animação marca os 80 anos da criação da companhia dinamarquesa, que além de fabricar brinquedos desenvolve programas educacionais por meio da LEGO Education.

Cerca de 160 alunos de quatro dessas escolas saíram do cinema diretamente para o lançamento do programa, no auditório do Banco Central, no Centro do Recife. “Vocês foram as primeiras crianças do mundo a assistir a esse filme. Aproveitem essa grande oportunidade para o futuro de vocês”, pontuou o prefeito Geraldo Julio, que, ao final do lançamento, conferiu os robôs junto com os alunos. Samuel Alves Araújo, 10 anos, da Escola Municipal Sítio do Céu, em Santo Amaro, encantou-se com a sessão de cinema e com os robôs apresentados no auditório. “Achei muito interessante e quero aprender logo a mexer”, animou-se.

A professora Cláudia Braga, também da Sítio do Céu, está ansiosa por aprender a metodologia da robótica e usá-la em suas aulas. “Espero que isso traga a integração de várias disciplinas e que venha a contribuir muito com a aprendizagem”, afirmou.

A aluna Alana Kassyane, 10, do 5º ano da Escola Emídio Dantas Barreto, já sabe como a robótica contribui para a vida em sociedade. “Sei que existem robôs que ajudam idosos e cadeirantes. Quero aprender a fazer esses também.”
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.