“Pernambuco está preparado para fazer em 4 o que não era possível fazer em 40 anos”, diz Paulo

Militância da Frente Popular atendeu ao chamado do seu candidato, que promoveu um grande ato de largada da campanha

Foto: Rodrigo Lobo
A militância da Frente Popular de Pernambuco atendeu ao chamado para reunir forças e iniciar a caminhada que levará Paulo Câmara (PSB) ao Palácio do Campo das Princesas. Ato realizado na noite desta segunda-feira (7), que contou com a presença do presidenciável Eduardo Campos (PSB), a primeira após o início do período eleitoral, superou todas as expectativas. Cerca de 5 mil pessoas passaram pelo Arcádia Paço Alfândega, no Recife, para ouvir as mensagens de Paulo, Eduardo e das lideranças políticas da coligação que fará o Estado continuar no rumo do desenvolvimento.

A fé depositada na capacidade de Paulo Câmara avançar nas conquistas acumuladas ao longo dos últimos anos era percebida no entusiasmo que as lideranças políticas e militantes expressavam a cada fala do candidato socialista. O postulante da Frente Popular prometeu retribuir cada gesto de apoio com a frase que já virou uma marca: “Trabalho, trabalho, trabalho, coração e vitória!”

O socialista destacou que o Estado reúne hoje as condições para seguir promovendo a melhoria de vida
 dos pernambucanos, fruto da dedicação observada durante o período em que ele pôde ajudar Eduardo Campos na administração estadual. “Pernambuco está preparado para fazer em 4 o que não era possível fazer em 40 anos. Vamos ganhar a eleição! Todos vocês vão ajudar e eu serei governador de Pernambuco a partir de 2015”, convocou, sob aplausos, Paulo Câmara.

O candidato da Frente Popular também reforçou que estará à disposição para continuar ouvindo a população e construir um programa governo que realizará os sonhos dos pernambucos. “Não vou ser patrão do povo. Sabe quem vai ser meu patrão? É o povo de Pernambuco”, afirmou Câmara, para, em seguida, cravar: “Quem tem padrinho não morre pagão. Meus adversários dizem que eu tenho padrinho porque eles não querem apresentar a madrinha deles. Ela não vem fazendo bem para o Brasil”, ironizou.

Em seu discurso, Eduardo Campos fez questão de destacar o desempenho do
 correligionário na primeira fase de sua caminhada. “Eu vim aqui porque queria aplaudir Paulo pessoalmente. Porque ele foi um grande líder nesses 100 dias de pré-campanha; foi dedicado, disciplinado. Você vai fazer Pernambuco mais feliz do que eu pude fazer, porque está mais maduro, está mais preparado hoje do que eu estava quando fui candidato ao Governo, em 2006", avaliou o ex-governador, brincando que o aliado também tem mais amigos do que ele tinha, à época.

O
 presidenciável ressaltou a frente ampla que o candidato reuniu, mostrando que está preparado para liderar também as fases seguintes da campanha. "Você liderou do seu jeito, que ouve a todos, que junta as pessoas, que reconhece os erros e pede desculpas quando erra. É isso o que a população tem pedido: experiência e humildade. Ninguém quer aquele velho político que pensa que sabe de tudo. Estou seguro que você levará Pernambuco ainda mais adiante", afirmou o ex-governador.

"Hoje estou feliz de, aqui nesta cidade irredenta, saber que você será o governador mais bem votado da história do Recife. Porque não vamos ficar em casa, achando que o jogo está jogado. Vamos para a rua, trabalhar.  Até setembro é campanha colada; vamos multiplicar", convocou Campos.

Como fez na convenção da Frente Popular, Eduardo garantiu que estará presente na campanha do aliado.  “Vão acabar com essa história de que eu vou cuidar da minha campanha e não estarei aqui. Vocês tocaram o barco muito bem até aqui, sozinhos. Deixamos, eu e (o governador) João Lyra Neto (PSB), vocês soltos, como filhos que estão crescendo. A partir de hoje, contem conosco", encerrou o
 presidenciável.

Além de Paulo, Eduardo e Lyra Neto, o evento foi prestigiado por inúmeras lideranças da Frente Popular, a exemplo do prefeito do Recife, Geraldo
 Julio (PSB), do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), deputados federais, estaduais, candidatos, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores.

As informações são da assessoria de Paulo Câmara

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.