Dyelson Lima, vocalista do Patusco, é encontrado morto em Dois Irmãos


O Grupo Carnavalesco Patusco confirmou, por meio de uma nota, a morte de um dos principais vocalistas, Dyelson Lima. O músico foi encontrado morto na manhã desta terça-feira, no bairro de Dois Irmãos, zona norte do Recife. "Querido por todos, Dyelson deixa uma lacuna no samba pernambucano, que perde um jovem brilhante, sonhador e carismático. Solidarizamo-nos com todos os familiares, amigos e fãs nesse momento difícil e de insuportável dor. Somente Deus para confortar a todos nós. Acreditamos no bom trabalho dos órgãos competentes para esclarecer esta morte trágica", diz o texto do documento.

Familiares e amigos do vocalista aguardam em frente à sede do Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro. O corpo, sem documentos e com uma perfuração à bala na altura da nuca, foi localizado em uma área de mata, na Estrada dos Macacos. De acordo com a polícia, acredita-se que o assassino teria tentado, sem sucesso, rolar o cadáver por uma ribanceira, para dificultar a localização.

Nesta segunda-feira, Dyelson havia falado com um amigo ao telefone e, por mensagem de celular, confirmado à namorada o comparecimento à festa de aniversário dela, que seria realizada à noite.
A família não quer falar com a imprensa e houve um princípio de tumulto em frente ao IML. Uma viatura da polícia foi encaminhada ao local. O empresário da banda, Cássio Wine, deve falar sobre o caso.
As informações são do Diário de Pernambuco
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.