Ads Top


Dispositivos de fiscalização passam a multar a partir desta segunda(29)

Os novos equipamentos são semelhantes aos instalados em outras vias do Recife / Foto: Marcos Pastich / CTTU
Os novos equipamentos são semelhantes aos instalados em outras vias do Recife  
Foto: Marcos Pastich / CTTU

Os novos dispositivos de fiscalização eletrônica passam a multar a partir desta segunda-feira (29). Os aparelhos localizados nas avenidas  Governador Agamenon Magalhães, Conde da Boa Vista, Boa Viagem, Recife, Engenheiro Abdias de Carvalho e na Rua Professor Arnaldo Carneiro Leão estavam operando em caráter educativo desde o dia 19 de dezembro. 
 
Os dispositivos funcionam todos os dias, das 6h às 22h para excesso de velocidade e restrição de circulação, de 6h às 20h, para parada sobre faixa de pedestre e avanço de semáforo e de 7h às 22h, para proibição de giro à esquerda. 

Confira a localização dos novos equipamentos:
- Avenida Governador Agamenon Magalhães x Rua General Joaquim Inácio, sentido Olinda;
- Rua Professor Arnaldo Carneiro Leão x Rua Pedro Paes Mendonça, sentido subúrbio;
- Avenida Conde da Boa Vista x Rua 7 de Setembro, sentido subúrbio e sentido Ponte Duarte Coelho;
- Avenida Boa Viagem x Avenida Herculano Bandeira;
- Avenida Recife, em frente ao Residencial Ignês Andreazza, sentido Ceasa e sentido aeroporto;
- Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho, sentido Centro e sentido BR - 232.

Os equipamentos fiscalizam o excesso de velocidade, parada sobre faixa, avanço de semáforo, restrição de circulação e, em dois pontos, a conversão proibida. Todos as vias que foram beneficiadas receberam sinalização conforme as exigências do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Os dispositivos instalados na Avenida Governador Agamenon Magalhães e na Rua Professor Arnaldo Carneiro Leão, além de prevenir, auxilia a fluidez do trânsito fiscalizando infrações por conversões proibidas. O giro proibido na  Rua Professor Arnaldo Carneiro Leão, na saída da Via Mangue, além de potencializar o risco de acidentes, ocasionava pontos de congestionamentos nos horários de pico.

MULTAS - As infrações por excesso de velocidade variam de acordo com a velocidade que o condutor ultrapassar o equipamento de fiscalização (60 km/h e 40 km/h). As multas variam de R$ 85,13 a R$ 574,62, além dos pontos registrados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Aqueles que forem flagrados avançando o semáforo, parados sobre a faixa de pedestre e realizando conversões proibidas, estarão sujeitos a multas de R$ 191,54 e 7 pontos na CNH, de R$ 85,13 e 4 pontos na CNH e R$ 127,69 e 5 pontos na CNH, respectivamente. Já os condutores de veículos de passeio que desrespeitarem a restrição de circulação na Avenida Conde da Boa Vista, no trecho compreendido entre as Rua do Hospício e a Rua da Aurora, onde apenas os ônibus, táxis e motocicletas estão autorizados a circular, estão sujeitos a multa de R$ 85,13 e 4 pontos na CNH.

EQUIPAMENTOS - Em 2014, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) implantou 22 novos equipamentos em 15 importantes cruzamentos da cidade. Os locais foram identificados a partir de análises técnicas que levaram em consideração a geometria das vias, histórico de acidentes e o volume médio de veículos e de pedestres em travessia. Os dados obtidos pela Centra de Operações de Trânsito da Companhia revelam que a iniciativa vem dando resultados significativos na redução de acidentes. 

Os equipamentos são semelhantes aos que foram instalados recentemente nas avenidas Governador Agamenon Magalhães, Marechal Mascarenhas de Moraes, Herculano Bandeira, Engenheiro Domingos Ferreira, 17 de Agosto, Doutor José Rufino e na Rua Guilherme Pinto. Outros equipamentos também operam na Avenida República do Líbano (início da Via Mangue), Avenida Marquês de Olinda e Rua Madre de Deus, onde está implantada a Zona 30. Todos os dispositivos estão em acordo com as exigências de portarias e resoluções estabelecidas pelo Departamento Nacional de Trânsito, Inmetro e Conselho Nacional de Trânsito. 

A previsão é que outros 15 novos aparelhos sejam instalados em cruzamentos importantes da cidade em 2015. Além disso, com a implantação dos novos dispositivos, os equipamentos que registram o excesso de velocidade, conhecidos como lombada eletrônica, que funcionavam na Avenida Recife e na Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho, serão transferidos para as avenidas Saturnino de Brito e Dom João VI. A previsão é que os dispositivos voltem a operar em janeiro do próximo ano.

Do JC Trânsito

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.