Ads Top


Paulista discute propostas de requalificação do Centro da cidade

“Precisamos fazer com que os centros das cidades deixem de ser apenas comerciais para serem mais urbanos e vivos”. Com essa frase o vice-prefeito do Paulista, Jorge Carreiro abriu o I Seminário: requalificação de centros urbanos – desafio das grandes cidades, realizado na manhã desta quarta-feira (17), no auditório do Senac, em Jardim Paulista.

Idealizado pela Prefeitura do Paulista, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, o evento contou a presença da secretária-executiva da Secretaria Estadual das Cidades, Ana Suassuna, do diretor do Sindicato da Indústria da Construção Civil em Pernambuco (Sinduscon), Avelar Loureiro, e do consultor de empreendimentos (MASF Consultoria), Serapião Bispo. Na apresentação foram debatidos exemplos de cidades que foram bem sucedidas em seus planos de requalificação dos seus centros, como: Rio de Janeiro, Recife e Barcelona (ESP).

“Em até dez anos nós devemos ter 20 mil novos moradores na área central do Paulista, principalmente com estrutura planejada. Vamos fazer da nossa cidade o lugar ideal para se morar, cada vez melhor”, avaliou Jorge Carreiro, que citou o a mobilidade das ruas do Centro do Paulista como um dos principais pontos para o desenvolvimento da cidade.

No encontro foram debatidas formas de criar uma convivência harmoniosa entre pedestres, motoristas e o comércio. Para equilibrar esse convívio, os especialistas alertam que é preciso requalificar o Centro olhando sempre para o passado, o presente e o futuro da cidade, e assim preservar o que faz parte da história da região.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paulista, Fábio Barros, o seminário é um passo importante para adequar a cidade em um plano urbanístico que deve beneficiar os paulistenses. “Hoje estamos debatendo com nossos técnicos e com a população como devem ser elaborados os projetos de requalificação do centro, mas em 2015 nós vamos correr atrás de recursos para colocar as ideias em prática”, avaliou o titular da pasta municipal.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.