Ads Top


Carro capota e cai na linha do metrô durante perseguição policial no Recife

Motorista começou a ser seguido nos Torrões e caiu nos trilhos do Curado.
Ele dirigia em alta velocidade, sem habilitação e usando apenas cueca.

Do G1 PE
Carro foi retirado dos trilhos ainda na madrugada e não danificou nenhum equipamento do metrô (Foto: Divulgação / Metrorec)
Com a frente destruída, o carro foi retirado dos trilhos ainda na madrugada (Foto: Divulgação / Metrorec)
Um carro caiu na linha de metrô do Recife durante uma perseguição policial na madrugada desta quarta-feira (14). O motorista estava sendo perseguido porque dirigia em alta velocidade e não tem carteira de habilitação. Em um retorno da BR-232, no bairro do Curado, Zona Oeste da capital pernambucana, perdeu o controle da direção e capotou. O veículo acabou caindo nos trilhos e o homem foi preso.

Segundo o cabo José Fernando Domingues, do 12º Batalhão da Polícia Militar, a perseguição começou na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) dos Torrões, na Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho. “Houve um disparo de arma de fogo nas proximidades da UPA e nós nos dirigimos para lá para tentar descobrir quem estava atirando. Mas, quando chegamos ao local, vimos um Peugeot saindo em alta velocidade da UPA e passamos a acompanhá-lo”, conta.

O veículo seguiu pela BR-232 e, quando chegou ao Curado, pegou a pista local para fazer o retorno e seguir para o bairro do Totó. Ao fazer a curva em alta velocidade, no entanto, capotou e caiu nos trilhos por volta da 1h30. Mesmo ferido, o homem saiu do carro e tentou fugir pela linha do metrô. O homem usava somente uma cueca e aparentava sinais de embriaguez. Ele foi preso pelos policiais militares e socorrido na UPA da Caxangá com ferimentos na cabeça.

Depois do atendimento médico, foi levado para a Central de Flagrantes. Ele foi autuado por direção perigosa, já que não possui carteira de habilitação, e depois foi liberado. O veículo foi retirado dos trilhos ainda na madrugada e, segundo a assessoria de comunicação do Metrorec, não atingiu nenhuma fiação ou equipamento do metrô. Por isso, a circulação dos carros não foi alterada na manhã desta quarta.

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.