Ads Top


Começa nova fase das obras de construção do Mercado de Paratibe




Uma nova fase das obras de construção do Mercado de Paratibe foi iniciada pela Prefeitura do Paulista. Após concluir a implantação das colunas de sustentação e da cobertura do galpão principal, a Secretaria de Infraestrutura começou a erguer os boxes e a área administrativa do local. O investimento no novo centro de compras é de aproximadamente R$ 12 milhões, obtidos por meio de um convênio com a Secretaria Estadual das Cidades.

Com três metros de largura e sete de comprimento, os 147 boxes de alvenaria que estão sendo construídos também terão um primeiro andar onde será possível armazenar mercadorias. A previsão é de que esta nova fase da obra seja concluída no início do próximo mês de setembro. A implantação da tubulação hidráulica do espaço também foi iniciada por uma equipe de 30 homens que está realizando os serviços no local.

Para acomodar hortifrutis, açougues, pescados, grãos em geral, entre outros, o espaço interno do mercado será dividido em setores. O projeto também garante a construção de rampas para acessibilidade, duas praças de alimentação, um estacionamento com vagas para 104 automóveis e a requalificação da Praça da Liberdade, com o plantio de mudas de diversas espécies.

O comerciante Manoel da Silva aprovou as obras que estão sendo realizadas pela prefeitura. “Em todas as reformas, tudo que é feito é para trazer melhorias para a cidade. A tendência é de que a gente fique em uma melhor estrutura. Com isso, esperamos que aumente o movimento por aqui”, comentou.
O vendedor Tertuliano Silva, que trabalha com artigos eletrônicos,  explicou que o novo centro vai trazer mais conforto aos comerciantes. “Acho que esse novo mercado vai melhorar muito a nossa situação. Vamos sair desse espaço para ficar em uma área com mais fiscalização e mais comodidade”, afirmou.

A estrutura foi erguida em pré-moldado e possui área de 4.700 m². Após o fim da construção, o atual mercado será demolido e transformado em um pátio de feira livre. Um total de 250 barracas padronizadas serão montadas no local para acomodar comerciantes que vendem seus produtos esporadicamente. Ao todo, cerca de 400 pessoas poderão negociar artigos dos mais variados tipos no novo centro de compras.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.