Header Ads

Videomonitoramento vai ajudar Olinda na dinâmica do trânsito

Olinda passa a contar com uma nova Central de Videomonitoramento do Tráfego. O novo sistema, inaugurado nesta quinta-feira (03.01), possui 18 câmeras de alta resolução, com capacidade de alcance de mais de 400 metros com nitidez. A plataforma funcionará, inicialmente, nos bairros de Peixinhos, Caixa D'Água, Jardim Brasil, São Benedito e Águas Compridas. A ampliação para outros pontos já acontece ainda neste mês de janeiro e visa contribuir para a mobilidade urbana, reduzindo o número de acidentes e controlando a movimentação nas principais vias da cidade.  

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, pontuou a segurança no trânsito como foco do sistema. “É um serviço integrado com todas as forças de segurança, além do Controle Urbano, instalado em pontos estratégicos e que permitirá ampliar e intensificar a qualidade da mobilidade em vias importantes de Olinda”, colocou. 

A central ficará instalada na sede da Secretaria de Transportes e Trânsito, no Bonsucesso. As câmeras HD são dotadas de giro em 360 graus, sendo capazes de gerar a aproximação das imagens, identificar as placas, a regularidade da documentação e todas as demais características dos veículos. Os equipamentos serão operados por agentes de trânsito do município, com a finalidade de ampliar a atuação dos profissionais dentro e fora da central. Neste primeiro momento, a ação tem caráter educativo, assumindo posteriormente a natureza de autuação para as infrações que forem registradas.  

O secretário de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, informou que, nos próximos dias, a Prefeitura de Olinda vai sinalizar os principais corredores, a exemplo da Avenida Presidente Kennedy e as suas transversais, com placas informando aos condutores que as vias estão sendo monitoradas.  

A fiscalização por meio de câmeras está permitida em todo o país, por meio da resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Entre as principais infrações, que passarão a ser visualizadas em tempo real, estão o estacionamento irregular, manobras perigosas, a conversão em local proibido, fila dupla e motociclistas trafegando sem capacete.
Postar um comentário