Header Ads

Um alerta aos perigos do mau uso de fones de ouvidos

Em tempos de popularização e acesso a smartphones, principalmente entre jovens e adultos, o uso do fone de ouvido tem sido um dos vilões para as estruturas sensoriais do ouvido de muitas pessoas, trazendo consigo complicações a saúde, inclusive a perda da audição, se usado incorretamente.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFA), os adolescentes usam cada vez mais esse equipamento de som com volume muito alto, e orientam os pais e responsáveis a monitorarem esse mau uso. O CFFA informa ainda que se uma pessoa ouvir algum ruído oriundo de fone de ouvido mesmo estando a um metro de distância de quem usa significa que o indivíduo corre sérios riscos de ter uma audição prejudicada.
Existem algumas células do ouvido que fazem com que o som chegue ao cérebro e seja compreendido, contudo se a perda auditiva induzida por ruído atingir a cóclea (uma estrutura extremamente delicada e responsável pela transformação dos sinais acústicos), os danos serão irreversíveis.  Entretanto, existem outras células nervosas que sendo afetadas, há técnicas e aparelhos cirúrgicos que possibilitam uma recuperação vantajosa a possíveis deficientes auditivos.
Existem cuidados que devem ser adotados por quem usa o fone de ouvido excessivamente, além da higienização, se caso for usar o aparelho de outra pessoa, para evitar transmissões de bactérias auriculares, o usuário deve se ater a normas de prevenção à saúde do ouvido, sem deixar de ouvir uma boa música.

Nenhum comentário