Carnaval menos violento nas estradas de Pernambuco

No feriado deste ano, foram registrados 212 acidentes, contra 273 em 2011. O número de óbitos também caiu de 20 para cinco

Do JC Online
Foto: Priscilla Buhr/JC Imagem

Na segunda de Carnaval, caminhão despencou de viaduto na BR-101, na Cidade Universitária


O balanço feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), divulgado nesta quinta-feira (23), mostra que este Carnaval foi mais tranquilo nas rodovias pernambucanas do que em 2011. O feriado terminou com números inferiores de acidentes e mortes nas estradas em relação ao ano passado.

Desde a última sexta-feira (17) até a manhã desta quinta, Pernambuco registrou 212 acidentes nas estradas estaduais e federais. Já no ano anterior, foram 273 ocorrências durante o feriado. O número de feridos e óbitos nas ocorrências também foi inferior. Do total, 137 ficaram feridos e apenas cinco pessoas morreram, enquanto em 2011, 20 óbitos foram computados.

Entre os casos mais graves ocorridos nas rodovias está a colisão entre dois caminhões no viaduto da UFPE, na BR-101, na segunda-feira (20) de Carnaval. Um dos veículos chegou a despencar do elevado. Na terça-feira (21), uma batida envolvendo uma Kombi e um Celta, também na 101, deixou 15 pessoas feridas no município do Cabo de Santo Agostinho. Já em Belo Jardim, duas motos se chocaram na BR-232 e três pessoas morreram.

Ainda de acordo com o relatório, os números que subiram este ano foram os relativos à fiscalização. A quantidade de pessoas abordadas em postos rodoviários mais do que dobrou, chegando a 13.813 veículos inspecionados. Como consequência, as autuações também se elevaram, atingindo o número de 3514.

Os plantões de Lei Seca também foram mais rígidos em 2012. Nas estradas, foram realizados mais de 600 testes de alcoolemia e 32 carteiras de habilitação foram recolhidas. Segundo a PRF, 10 pessoas foram presas por apresentarem níveis de álcool no sangue acima do permitido.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.