Header Ads

ad

Daniel Coelho apresenta propostas para a Câmara de Dirigentes Lojistas de Recife

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Recife (CDL) recebeu nesta quarta-feira (18), o candidato à Prefeitura do Recife Daniel Coelho (PSDB). Ao lado da candidata a vice-prefeita Débora Albuquerque (PPS), o tucano apresentou seus principais projetos de governo aos dirigentes da instituição. Recebido pelo presidente executivo da CDL-Recife, Frederico Leal, pelo presidente em exercício Cid Lobo e pelo candidato a vereador Eduardo Catão (PV), a equipe do postulante assistiu um seminário com as reivindicações que o órgão já propôs a prefeitura, mas que até o momento não foram atendidos.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Recife (CDL) recebeu nesta quarta-feira (18), o candidato à Prefeitura do Recife Daniel Coelho (PSDB). Ao lado da candidata a vice-prefeita Débora Albuquerque (PPS), o tucano apresentou seus principais projetos de governo aos dirigentes da instituição. Recebido pelo presidente executivo da CDL-Recife, Frederico Leal, pelo presidente em exercício Cid Lobo e pelo candidato a vereador Eduardo Catão (PV), a equipe do postulante assistiu um seminário com as reivindicações que o órgão já propôs a prefeitura, mas que até o momento não foram atendidos.
Levay Photos/Divulgação
“Somos uma instituição apartidária e entendemos que nosso município integra a Rede de Cidades Sustentáveis, mas a gestão urbana está abandonada. O planejamento urbano está falido, a mobilidade é um dos maiores desafios e isso implica diretamente no comércio de forma negativa”, advertiu Leal.
Outro ponto debatido entre os dirigentes é a desvalorização que o Centro da cidade sofre atualmente. “O centro do Recife não era tão degradado como é hoje. A CDL tem projetos importantes para o desenvolvimento do espaço comercial, mas não recebemos atenção da gestão pública”, afirmou o diretor geral Fernando Catão. Atento as cobranças feitas pelos representantes do comércio da capital, Daniel afirmou que em sua gestão, caso eleito, irá implementar o “Regulariza Recife” para ajudar os comerciantes informais e microempresários a regularizem sua situação na prefeitura e facilitar a burocracia na hora de solicitar a licença para que o estabelecimento possa funcionar dentro da legalidade. “Nós precisamos mudar o conceito do poder público com o empreendedor, pois ele faz parte do crescimento econômico da cidade. O que deve ser feito é uma parceria entre os comerciantes e os fiscais da prefeitura”, afirmou Coelho.
Durante a apresentação, o tucano explanou sobre propostas com equilíbrio entre os desenvolvimentos ambientais, sociais e econômicos. Ele aproveitou para alfinetar seus concorrentes “É natural que outros partidos copiem nossas idéias. Passamos um ano preparando esse projeto com soluções viáveis para a cidade. Isso, é um sinal de que eles reconhecem que nosso trabalho é eficiente”, comentou o deputado. Ao falar da sua bandeira mais forte, a sustentabilidade, o postulante ressaltou que esse tema tem que estar presente em todas as secretárias. “Essa não é uma responsabilidade só da secretaria de Meio Ambiente. Todas devem pensar se seus projetos e a execução deles vão prejudicar o meio ambiente, seja na construção de uma via, seja na pintura de uma ponte”, disse.
“A CDL sempre colocou sua cede a disposição, seja aos candidatos a governador ou a prefeito, para discutir programas e assim, fazer com que os lojistas possam conhecer e optar por qual proposta de governo ele achar melhor. Temos muitas dificuldades, mas sabemos que nossa maneira de administrar é muito mais ágil que o poder público. Quando decidimos no privado já procuramos resolver, mas esse passo não é o mesmo que nas questões encaminhas a prefeitura”, afirmou Fernando Catão.

Folha PE
Postar um comentário