Janela Internacional de Cinema do Recife começa nesta sexta-feira (9/11) - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

9 de novembro de 2012

Janela Internacional de Cinema do Recife começa nesta sexta-feira (9/11)

Com incentivo do Funcultura, festival é realizado no Cinema São Luiz e no Cinema da Fundação

Divulgação
Descrição da imagemA quinta edição do Festival Janela Internacional de Cinema do Recife começa nesta sexta-feira (9/11), no Cinema São Luiz, com a exibição do longa-metragem pernambucano “Boa sorte, meu amor”, dirigido pelo cineasta Daniel Aragão, às 21h. Antes, haverá a abertura do Panorama Alemão com o filme “O perdão”, de Matthias Glasner, às 18h, que também integra a programação do festival – realizado com incentivo do Governo do Estado, através do Funcultura.

Graças a “Boa sorte, meu amor”, Daniel Aragão foi agraciado com o prêmio de Melhor Diretor na última edição do Festival de Brasília, este ano. Em Locardo, na Suiça, a obra foi um dos destaques da programação e saiu do festival com o prêmio do júri jovem. Com Vinícius Zinn e Christina Ubach nos papeis principais, o filme revela o passado aristocrata do Sertão pernambucano e não deixa de retratar o Recife contemporâneo, caótico e repleto de novas construções.

Com sessões no Cinema São Luiz e no Cinema da Fundação Joaquim Nabuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife é dirigido pelo casal Kleber Mendonça Filho e Emilie Lesclaux, e realizado na cidade desde 2008. Entre os destaques da programação, está a seleção “Clássicos do Janela”, com os filmes “Psicose”, de Alfred Hitchcock; “Laurence da Arábia”, de David Lean; “A noviça rebelde”, de Robert Wise; “Taxi driver”, de Martin Scorsese; “O sacrifício”, de Andrey Tarkovsky; “Veludo azul”, de David Lynch; “O leopardo”, de Luchino Visconti; “Rastros de ódio”, de John Ford; e “O enigma do outro mundo”, de John Carpenter.

Neste ano, o festival ainda organizou o programa especial Vila do Conde, idealizado em homenagem aos 20 anos do festival português homônimo, um dos mais tradicionais da Europa. No programa, vão ser exibidos quatro filmes produzidos por quatro nomes relevantes do panorama contemporâneo internacional: Thom Andersen, Helvécio Martins Jr., Sergei Loznitsa e Yann Gonzalez. A programação contempla também um programa da Quinzena dos Realizadores, mostra paralela do Festival de Cannes.

Panorama AlemãoIdealizado em parceria com a German Films, centro de promoção de filmes alemães em todo o mundo, o Janela Internacional de Cinema do Recife exibe também o programa “Panorama Alemão”, com nove filmes que representam a recente produção do cinema no país. O programa conta ainda com apoio do CCBA e do Consulado da Alemanha, e apresenta os filmes “Transpapa”, de Sarah Judith Mettke, “A última ambulância de Sofia”, de Ilian Metev, e “Lua crescente”, de Christian Zübert, entre outros.

Ao todo, serão exibidos 110 filmes, entre longas, curtas e médias, até o dia 18/11. Para conferir a programação do festival, clique aqui.

Serviço:
Abertura do V Janela Internacional de Cinema do Recife
Sexta-feira (9/11), às 18h
No Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175, Boa Vista) e no Cinema da Fundação (Rua Henrique Dias, 609, Derby)

Fonte: Fundarpe

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner