China não fará shows no Carnaval de PE por atrasos de cachês

2da2e2d64d7b11bb956336a0da7bf248.jpg
Artista diz que já passou até 11 meses sem receber o cachê após shows no Carnaval
Foto: JC Imagem
O cantor China, figura emblemática e sempre presente na programação de Carnaval do Recife e de Olinda nos últimos anos, publicou uma nota oficial em seu blog anunciando que não irá fazer shows durante o Carnaval de 2013 em terras pernambucanas. China justificou a escolha dizendo que não fará as apresentações "por causa do atraso no pagamento dos cachês acertados com o governo de Pernambuco e com a antiga gestão da prefeitura do Recife", no caso, a do ex-prefeito João da Costa.

China acrescentou, ainda, que tomar essa decisão foi muito difícil porque ele adora fazer shows nessa época do ano, complementando, também, que está "morrendo de saudade do público pernambucano". Segundo o cantor, o grupo Nação Zumbi também não irá tocar neste ano.

Confira parte da nota:
Esse ano eu não faço shows no carnaval de Pernambuco por causa do atraso no paga­mento dos cachês acertados com o governo de PE e a antiga gestão da prefeitura do Recife.

Tomar essa decisão foi muito difícil, porque eu adoro fazer shows nessa época do ano e tam­bém estou morrendo de saudade do público pernambucano, que sempre lota os espa­ços públicos para assistir as minhas apresentações, mas essa galera não ima­gina o que acon­tece nos bastidores, e por isso escrevo esse texto para expli­car a situação.

Sempre fiz shows para even­tos do governo e da pre­fei­tura do Recife, e me sujei­tava a rece­ber os cachês com três meses de atraso como ficara acor­dado, pois que­ria mesmo tocar e mos­trar minhas can­ções ao grande público, mas a situ­a­ção se tor­nou insus­ten­tá­vel pois, esses “três meses” foram virando seis, oito, e até onze meses sem rece­ber o que eu tinha direito por meus ser­vi­ços prestados.
(...)
Não posso jogar a culpa des­ses atra­sos nas cos­tas das pes­soas que fazem parte do governo e da pre­fei­tura, inclu­sive, tenho ami­gos super com­pe­ten­tes que tra­ba­lham na Fundarpe e na secre­ta­ria de cul­tura do Recife, que tam­bém ficam cha­te­a­dos com essa situ­a­ção. O pro­blema é a máquina buro­crá­tica e o des­caso com o assunto. Isto pre­cisa ser revisto.
A cul­tura é a maior riqueza que o nosso Estado tem para ofe­re­cer, e os artis­tas locais são os porta-vozes disso tudo. São eles que defen­dem e divul­gam a cul­tura per­nam­bu­cana com unhas e den­tes, mas sem­pre são os últi­mos a serem per­ce­bi­dos pelos orgãos públi­cos. Uma pena.

E sabe quem mais perde com toda essa con­fu­são?
Todo mundo. Eu, você, o governo, o turista, a cul­tura, todo mundo.

Tenho um monte de ami­gos pau­lis­tas que que­rem assis­tir aos shows da Nação Zumbi no car­na­val, pois segundo eles, “A ener­gia de Pernambuco faz a Nação Zumbi ficar ainda melhor”,  só que não vai ter show dos caras esse ano. Adivinha porque?

Eu torço para que a nova ges­tão da pre­fei­tura do Recife ponha um basta nessa ques­tão e comece o novo man­dato valo­ri­zando os artis­tas locais, assim como espero que o governo valo­rize cada vez mais a nossa cul­tura, pois esse é o nosso maior trunfo.

China.


Do NE10

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.