Itamaraty acompanha buscas por universitário de Brasília desaparecido no Peru

A Embaixada do Brasil no Peru e autoridades brasileiras em Cuzco acompanham as buscas pelo estudante de Brasília Arthur Paschoali, de 19 anos. O universitário desapareceu, em Machu Picchu, no último dia 21 quando avisou a amigos que caminharia pela região para fazer fotografias. Paschoali estava em Machu Picchu trabalhando em um restaurante.
O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, informou que o cônsul do Brasil em Cuzco e o adido policial da Embaixada do Brasil no Peru acompanham de perto as buscas pelo universitário. Até o começo da tarde de hoje (3) não havia mais detalhes sobre o trabalho.
Em julho de 2012, a estudante Paula Sibov, de 24 anos, morreu ao cair em um abismo de 200 metros de profundidade, no Vale del Colca, na Cordilheira dos Andes, no Sul do Peru. Ela estava no 4º ano de medicina da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, no interior de São Paulo.

Renata Giraldi Repórter da Agência Brasil
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.