O desânimo no comércio de usados é maior com a manutenção da redução do IPI para carros novos Foto: Arquivo

Depois de chuvas de 43,5 milímetros registradas em Ouro Preto, em Olinda, no Grande Recife, nesta segunda-feira (29), o canal homônimo transbordou, provocando transtornos no local. Olinda ainda teve um ponto de deslizamento no bairro de Caixa d’Água. Apesar do risco, não houve vítimas.

Além da forte chuva na Região Metropolitana nesta segunda-feira, segundo a Prefeitura de Olinda, um agravante para a situação foi a maré alta durante a noite. Em nota, a assessoria de imprensa informou que "os secretários de Obras e Serviços Públicos já estão circulando pelo município a fim de identificar os pontos críticos de alagamentos e a melhor forma de atuação nestes locais."

A Defesa Civil de Olinda registrou, nesta manhã, 19 chamadas para a colocação de lonas, uma vistoria em prédio e uma residência alagada. A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) registrou três colocações de lona e um corte de árvore. O pluviômetro do Alto da Bondade, também em Olinda, registrou 39,6 milímetros.

Do NE10

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.