Header Ads

ad

HR passa por reforma e muda esquema de atendimento à população

f7c83d75cdbcb9ecb45dab365940dd77.jpg
Reforma na unidade deve durar dez meses e custará cerca de R$ 20 milhões
Foto: Hélia Scheppa / JC Imagem

O Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, começa nesta sexta-feira (5) a passar por uma série de reformas estruturais. As obras vão durar cerca de dez meses e por causa delas algumas mudanças serão necessárias no atendimento à população. A maior emergência do Norte-Nordeste receberá reparos  que abrangem a readequação das emergências adulta e pediátrica, a melhoria no acesso das equipes de resgate e a implantação de um centro de diagnóstico.



“Nós montamos uma estrutura para que não haja nenhum tipo de prejuízo no atendimento à população. Faremos um remanejamento de pacientes dentro da estrutura atual, para que eles não precisem sair do HR. Ao final da obra, teremos uma Restauração mais moderna, bem equipada, confortável, com melhor acesso por parte de veículos e maior organização do fluxo interno”, ressaltou o secretário estudual de Saúde Antônio Carlos Figueira.

No período da reforma, o acesso dos veículos de resgate às duas emergências da unidade será unificado, com a entrada e saída sendo feita, exclusivamente, pela Rua Joaquim Nabuco. Ao fim dos serviços, as ambulâncias passarão a sair pela Avenida Agamenon Magalhães. Além do acesso, as emergências adulto e pediátrica passarão a contar com
salas sinalizadas de acordo com a gravidade dos casos, facilitando a classificação de risco.

Outra mudança nesse período de obras é a transferência da emergência pediátrica para o 4º andar do HR. Já para atender a demanda da emergência adulta, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) promoveu uma readequação de espaços, ocupando outras áreas, como a da emergência pediátrica, totalizando 50 leitos. Também foi montada uma estrutura climatizada, na área externa, com outros 40 leitos.

Em meio às mudanças, o Hospital Geral de Areias vai atuar como retaguarda para o HR, com oito leitos voltados para os casos de trauma buco-maxilo-facial. Na área de traumanto-ortopedia, a SES contratou, junto ao Hospital Geral de Jaboatão, 40 leitos de suporte. Já os pacientes que derem entrada na unidade com diagnóstico de aneurismas, hemorragias subaracnóideas, hematomas subdurais crônicos, além de necessidade de cirurgia de coluna, serão encaminhados para o Hospital Pelópidas Silveira, no Curado, Zona Oeste do Recife, que é uma unidade referência na área de Neurocirurgia e Neurologia.

Com a reforma, o Hospital da Restauração (HR) também vai ganhar um centro de diagnóstico,
equipado com dois tomógrafos, exames de endoscopia, angiografia e ressonância magnética. As obras e os novos equipamentos representam um investimento de cerca de R$ 20 milhões aos cofres públicos.

Do NE10

Postar um comentário