Projeto São Francisco promove audiências públicas para elaboração de planos diretores municipais - Portal Muito Mais - O seu portal de notícias!!!

ÚLTIMAS DO PORTAL

test banner

Post Top Ad

.

12 de julho de 2013

Projeto São Francisco promove audiências públicas para elaboração de planos diretores municipais

Ação realizada em 47 cidades do semiárido nordestino busca expandir o diálogo com a população para definição de estratégias de desenvolvimento social e econômico


Uiraúna (PB), 11/7/2013 – O Ministério da Integração Nacional tem incentivado a população de municípios da área de abrangência do Projeto São Francisco a participarem da elaboração dos planos diretores de suas cidades. A ação faz parte do Programa de Apoio às Prefeituras, desenvolvido em 47 municípios dos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Somente este mês de julho, mais de 600 pessoas participaram das audiências públicas realizadas em Uiraúna (PB) e Mirandiba (PE).

Principal instrumento de planejamento das cidades, os planos diretores municipais definem estratégias básicas para o desenvolvimento das localidades, em áreas como expansão urbana, abastecimento de água, coleta de lixo, segurança, educação, saúde e geração de emprego. Conforme estabelecido pelo Estatuto das Cidades (lei nº 10.257/2001), a elaboração dos planos diretores, que serão aprovados por lei municipal, deve contar com a participação efetiva da população local.

Segundo o secretário municipal de Mirandiba, Edilton Silva, a cidade possui mais de 60 associações representativas que deverão colaborar durante todo o processo de discussões. “Muitas vezes a população aponta demandas que o poder público não observa. Por isso, acreditamos que as discussões serão bem produtivas”, afirmou.

O objetivo do Programa de Apoio Técnico às Prefeituras, desenvolvido pelo Ministério da Integração Nacional, é justamente o de contribuir para tornar cada vez mais participativo o processo de elaboração dos planos diretores municipais. Para tanto, a equipe técnica do Ministério da Integração Nacional visita comunidades urbanas e rurais, convidando os moradores e instituições locais a participarem do grupo - formado por representantes do poder público municipal e da sociedade civil organizada - que vai preparar os documentos que servirão de base para a elaboração do plano diretor municipal.

Leituras Comunitárias – Além das audiências públicas, o Programa de Apoio às Prefeituras também realiza oficinas de capacitação e leituras comunitárias, nas quais os moradores podem analisar o município em suas potencialidades e dificuldades, além de discutir os problemas relacionados à saúde, educação, transporte, saneamento básico, moradia, trabalho e renda, dentre outros temas. Essas leituras vão compor o diagnóstico municipal, que subsidiará o plano diretor.

A presidente da Associação do Quilombo Cajueiro de Mirandiba, Rosineide Jesus, ressalta que para um bom diagnóstico é fundamental que a população realmente se faça presente nessas reuniões e traga suas demandas. "Percebi que todo mundo que participou das reuniões gostou muito. Precisamos agora dar continuidade para que todos possam manifestar as suas opiniões”, avaliou.

Para conciliar desenvolvimento econômico e uso sustentável dos recursos naturais, o Ministério da Integração Nacional promove uma série de 38 ações socioambientais dentro do Programa de Integração do Rio São Francisco, que somam recursos de quase R$ 1 bilhão.
Postar um comentário

Post Top Ad

test banner