Prefeitura do Recife divulga programação do Carnaval 2014

O Recife terá um grande Carnaval em 2014 com mais de 2 mil espetáculos. Serão 1.300 apresentações de chão e 720 shows distribuídos por 63 polos de animação - 14 a mais que no ano passado. O prefeito Geraldo Julio apresentou, nesta quarta-feira (29), a programação oficial da festa, que terá sua grade composta em 98% por artistas pernambucanos. Patrimônio Cultura e Imaterial da Humanidade, o Frevo será o grande homenageado da Folia de Momo, personificado pelo multiartista Antônio Carlos Nóbrega. A abertura, que valorizará a diversidade de sons e a forte presença da Cultura Popular, será no dia 28 de fevereiro com um grande encontro do Frevo com o Maracatu, no Marco Zero.
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Já o Baile Municipal do Recife, que este ano celebra a sua 50º edição, contará apenas com shows de artistas pernambucanos. O evento, que será realizado no dia 22 de fevereiro, no Chevrolet Hall, terá a sua renda revertida para sete instituições de caridade. O tradicional Concurso de Fantasias será realizado este ano no dia 13 de fevereiro, no Clube Português, para garantir que as pessoas curtam por mais tempo os shows no dia oficial da festa.

Geraldo Julio destacou a valorização dos artistas da terra na grade de apresentações. "Estamos fazendo isso para valorizar o nosso artista, a nossa cultura e para trazer alegria para o nosso povo. Todos são testemunhas do esforço que a nossa gestão tem feito para criar mais vida em nossa cidade; fazer com que as pessoas estejam nas ruas, nas praças, nos parques. Nós queremos, cada vez mais, uma cidade viva com as pessoas amando o Recife e expressando esse amor. E o Carnaval é um momento em que isso acontece com muita força. Por isso, a nossa grande prioridade é o folião", afirmou.

Em seu discurso, o prefeito do Recife pontuou ainda a importância dos homenageados do Carnaval 2014. "A reverência que fazemos ao Frevo e a Antônio Nóbrega deixará o Recife mais feliz, justamente, pela representatividade que esse grande artista tem para nós. Nóbrega inspirou muita gente em nossa cidade e continua fazendo isso. É por isso que ele é o nosso homenageado; para que ele continue inspirando o nosso povo com o seu maior valor: o talento", cravou Geraldo Julio.

Visivelmente emocionado, Antônio Nóbrega não se conteve e caiu na folia exibindo passos de frevo. Ao fim da coletiva com a Imprensa, o artista comandou um grupo de Maracatu e uma orquestra de Frevo, transformando-as em uma única nação. "Agora, a gente transforma o Frevo, Patrimônio Imaterial da Humanidade, em matéria viva. Vamos levar essa sensação, esse sentimento e alegria pela cidade. Que essa mesma energia nos inspire no dia a dia também, assim seremos capazes de realizar grandes transformações", salientou.

A Prefeitura do Recife vai espalhar os 63 focos de animação pelos quatro cantos da cidade. Serão 21 polos oficiais (8 centralizados e 13 descentralizados), além de outros 29 polos comunitários e oito corredores de folia (Coelhos, Alto Santa Terezinha, Alto do Mandú, Buracão, Morro da Conceição, Buriti, UR-02 Ibura e Três Carneiros); bem como a criação de três polos infantis: Parque da Jaqueira, Parque Dona Lindu e Parque Santana, e dois para concursos de agremiações, na Estrada do Bongi e na Avenida do Forte. A previsão é que sejam investidos R$ 33 milhões na festa este ano. São esperados cerca de 800 mil visitantes durante os dias de folia, além da movimentação de R$ 600 milhões na economia local.

A festa também será abrilhantada por artistas nacionais como Gilberto Gil, Alceu Valença, Elba Ramalho, Nação Zumbi, Fafá de Belém, Mundo Livre S/A, Jorge Aragão, Martinho da Vila e Sandra de Sá; que vão juntar-se a outros nomes de peso como Antúlio Madureira, Claudionor Germano, Marrom Brasileiro, Almir Rouche, André Rio, Nena Queiroga, Eddie, Erasto Vasconcelos, Gustavo Travassos, entre outros. Na abertura da Festa do Momo, três espetáculos; o cortejo dos Maracatus comandado por Naná Vasconcelos, uma homenagem ao Frevo com Antônio Nóbrega, Spok e convidados e um tributo ao rei Reginaldo Rossi, com Silvério Pessoa.

A secretária de Cultura do Recife, Lêda Alves, disse que o Carnaval já se anuncia dentro dos recifenses e que esse sentimento foi responsável pelo sucesso do projeto da festa desenvolvido pela PCR. "Nós geramos essa ideia com muito prazer desde o primeiro instante. Fizemos isso como quem cuida de um filho que vai nascer. Por isso, o Carnaval este ano será muito melhor, pois foi feito com amor e alegria, como deve ser. Vamos aproveitar com muita magia cada instante dessa grande festa", comemorou.

DECORAÇÃO - Para os dias da festa, a cidade será "vestida" por um projeto cenográfico que exaltará o folião recifense, através de máscaras e fantasias. Com a decoração, assinada pelo escritório do arquiteto Carlos Augusto Lira, a tecnologia será a grande aliada desse processo, com a utilização de recursos de animação e projeção de imagens com o vídeomapping. Haverá sereias, tritões, passistas e pierrôs espalhados com proporções onde o dorso e o rosto são destacados. Todos os elementos serão utilizados também no Baile Municipal do Recife.

MUNICIPAL - Com a programação composta 100% por artistas da terra, a 50ª edição do Baile Municipal do Recife comemora suas bodas de ouro também homenageando o Frevo. A abertura da festa contará com a presença do Multiartista Antônio Nóbrega. No total, serão sete horas de muita música comandadas por artistas como Maestro Spok, Orquestra Popular do Recife, Claudionor Germano, Alceu Valença, Ed Carlos, Almir Rouche, entre outros. A venda dos ingressos começa no dia 12 de fevereiro.

"No baile deste ano ninguém terá descanso. Do primeiro solo à última voz será muita animação. Quem for, tem que ter disposição. Além disso, essa grande festa solidária marca a consolidação de uma decisão que tomamos no ano passado; de doar os recursos arrecadados para pequenas instituições beneficentes. Prezamos pela existência das grandes, mas sabemos a dificuldade que as pequenas enfrentam para funcionar. Por tudo isso, esse Baile Municipal será o melhor de todos os tempos", explicou Geraldo Julio.

As sete instituições beneficiadas com o Municipal são a Associação Pernambucana de Portadores de Leucemia (APPL), Associação dos Portadores de Doenças de Chagas e Insuficiência Cardíaca e Miocardiopatias, Casa do Hemofílico Gilson Saraiva, Instituição dos Cegos, Lar do Neném, Lar de Jesus e Instituto Arthur Vinícius.

Os valores de todas as entradas para a 50ª edição do Baile Municipal permanecerão os mesmos do ano passado, sendo R$ 50 o ingresso individual para a pista e R$ 600 a mesa para quatro pessoas. Serão colocados à disposição 268 mesas e 10 mil ingressos para a pista. As mesas podem ser adquiridas no Chevrolet Hall e o acesso para a pista nas lojas Renner dos shoppings Recife, Tacaruna, RioMar e Boa Vista.

Confira a programação completa clicando aqui
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.