Náutico estreia nos Aflitos com empate diante do Iranduba-AM


Náutico empatou por 2x2 nos Aflitos, pelo Brasileirão 2014
(Crédito: José Gomes Neto/Assessoria de Imprensa)
O Náutico estreou em casa no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, na tarde desta quarta-feira (17), mas não conseguiu vencer. Mesmo assim, o empate por 2x2 diante do Iranduba-AM pode ser considerado como um ponto ganho. É que o Timbu esteve em desvantagem no placar por duas vezes, mas teve competência para igualar o marcador e evitar um resultado negativo, aos 44 minutos do 2º tempo. A partida foi válida pela 2ª rodada do grupo 4.
Os gols alvirrubros foram marcados pela dupla de ataque Bia e Soraya. O jogo foi bastante disputado, com as jogadoras dos times pernambucano e amazonense valorizando cada palmo do gramado. Com tanta disposição em campo, os gols vieram naturalmente. Ainda no primeiro tempo, as visitantes abriram o placar, com um belo gol em cobrança de falta da atacante adversária Kaká.

Não demorou muito e logo o Náutico deixou tudo igual com o gol histórico da atacante Bia. É que aquele fora o primeiro gol do Náutico numa disputa de Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

O segundo tempo prometia mais empanho na busca pela vitória. O Náutico vinha de empate fora de casa, enquanto o Iranduba fora goleado dentro de casa. E o ritmo de competitividade continuou até que num lançamento para a área alvirrubra, a zaga falhou feio na marcação e, mais uma vez na tarde, a atacante Kaká fez gol. Dessa vez, de cabeça.

Com a vantagem novamente no placar, o time adversário recuou e cedeu espaços para as donas da casa. De tanto insistir, e persistir, o Náutico teve a recompensa já ao acender das luzes - os refletores tiveram que ser acesos por conta de uma paralisação de 9 minutos, num choque casual entre duas jogadoras, sendo uma de cada equipe.

PÓS-JOGO

Na opinião da técnica Gleice Falcão, o resultado poderia ser melhor, apesar do espírito de luta da sua equipe, durante os 90 minutos da estreia nos Aflitos. “Nós pecamos na marcação e cometemos algumas falhas. Mas eu prefiro enfatizar a superação do grupo, que soube reagir e buscar o empate durante a partida, pois esteve atrás do placar por duas vezes”, disse, completando: “Agora é buscarmos os pontos perdidos em casa, no jogo que teremos na próxima rodada, contra o Viana, em São Luís-MA".

Autora dos gols alvirrubros, Soraya e Bia estavam empolgadas pelo poder de reação do Náutico. A atacante Bia teve a honra de marcar o primeiro gol da história do Náutico pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Pessoa simples, ela enalteceu a diretoria de Esportes Olímpicos pelo apoio e formação da equipe para disputar a competição, que evidenciou o desporto no Clube.

“Primeiramente gostaria de agradecer mais uma vez a diretoria de Esportes Olímpicos por nos ter dado essa oportunidade de apresentar o nosso futebol para o Brasil. Sobre o jogo, não foi possível a gente ganhar hoje, mas ao menos não perdemos. Isso é fruto dos nossos treinamentos realizados pela nossa comissão técnica. Depois, esse é o nosso primeiro ano na disputa do campeonato nacional, enquanto elas (Iranduba) já vinham atuando”, comentou Bia (Karla Beatriz).

Não menos importante, o gol da também atacante Soraya evitou que a estreia do Náutico nos Aflitos fosse com derrota. Na opinião da rápida e esperta jogadora, a persistência do time timbu foi compensada, ao final do jogo. “O jogo foi bem pegado, com as duas equipes disputando muito as jogadas. Poderíamos sair com um resultado melhor, mas ao menos não fomos derrotadas. Vamos nos recuperar nos jogos seguintes”.

FICHA TÉCNICA

Náutico (2)

Thayana; Nadja (Negona), Lorena, Suzan e Adrielly (Eduarda); Marcela (Camila), Janaína, Fabiana e Maria Carolina; Karla Beatriz e Soraya. Técnica: Gleice Falcão


Iranduba-AM (2)

Taty; Leyde, Jane, Kelle e Mey; Ariana, Rosi, Craque e Kaká; Nayana (Hilery) e Lú (Irllen). Técnico: Olavo Ferreira Dantas


Gols: Kaká (17) e Bia (24) ambos no 1º tempo; Kaká (24) e Soraya (44), ambos no 2º tempo. Cartões amarelos: Suzan e Marcela (NAU); Rosi, Craque, Nayara e Hilery (IRA). Árbitra:Deborah Cecília (aspirante/Fifa-PE). Assistentes: Cléberson Nascimento e Marlon Rafael (ambos de PE).

José Gomes Neto
Da Assessoria de Imprensa do Náutico/PE
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.