Prefeitura do Paulista investe mais de R$ 1 milhão na assistência de crianças e adolescentes

Foto: Jorge Macrino
A Prefeitura do Paulista firmou, nesta quinta-feira (22.01), 16 convênios com organizações não-governamentais da cidade que trabalham com crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Ao longo deste ano, as instituições serão contempladas com recursos do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. O repasse no valor de R$ 1,1 milhão será capaz de potencializar as ações, beneficiando um total de 830 pessoas. A solenidade, que oficializou a parceria, ocorreu na sede do governo municipal, no Centro.

As instituições conveniadas desenvolvem diversas atividades com o público infanto-juvenil, entre elas, informática, música, dança, esportes e cidadania. As crianças e adolescentes assistidos frequentam as entidades no contraturno escolar, evitando o ócio. Essa metodologia contribui com a redução dos índices de violência, maus tratos, trabalho infantil, abuso e exploração sexual, além de colaborar com o crescimento intelectual dos beneficiados.

O presidente da Associação Santa Clara – entidade selecionada –, Amaro Gomes da Silva, revelou que o apoio da prefeitura tem mudado a vida de muitas pessoas em Jardim Paulista. “Nossa instituição cuida há 18 anos de crianças e adolescentes que convivem com uma realidade bem adversa, em meio às drogas, violência, prostituição. Graças ao governo municipal estamos resgatando a cidadania desses meninos e meninas, e garantindo um futuro mais promissor”, frisou.

As ONG’s conveniadas com a prefeitura atuam em cinco eixos prioritários: apoio sócio educativo em meio aberto; prevenção ao enfrentamento de abuso e exploração sexual; convivência familiar, comunitária e fortalecimento de vínculos; acolhimento institucional; e medidas socioeducativas em meio aberto. A seleção dos projetos ficou a cargo do Conselho Municipal de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente (Comcap).    
           
O presidente do Comcap, Augusto Costa, ratificou o empenho da gestão do prefeito Junior Matuto com as políticas sociais. “A população precisa ter consciência que as ações de Governo não são feitas apenas de cal e pedra. É necessário criar alternativas para transformar a vida, sobretudo, dos jovens que se encontram, às vezes, à margem da sociedade, oferecendo condições de transformá-los em verdadeiros cidadãos”, argumentou.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.