Graça Foster deixa o Palácio do Planalto sem falar sobre reunião com Dilma

A presidenta Dilma Rousseff e a presidenta da Petrobras, Graça Foster, reuniram-se hoje (3), durante parte da tarde, no Palácio do Planalto, em Brasília. Graça deixou o local por volta das 17h20 sem falar sobre a reunião e retornou ao Rio de Janeiro. Perguntado por jornalistas, o ministro Thomas Traumann, da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República, disse que "a saída de Graça da Petrobras não foi tratada na reunião".

Dilma passou a manhã em Campo Grande e desembarcou em Brasília por volta das 14h. Pouco depois, Graça chegou ao Palácio do Planalto para a reunião com a presidenta. Ao longo do dia, diversos veículos de imprensa noticiaram sobre a possibilidade da saída de Graça Foster da presidência da Petrobras, em função do desgaste causado pelas denúncias de corrupção na empresa. As ações da Petrobras, inclusive, registraram alta de cerca de 15%. 
Deflagrada no dia 17 de março, a Operação Lava Jato, da Polícia Federal investigou um esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos, que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. O esquema, intermediado pelo doleiro Alberto Yousseff, envolvia pagamento de propina a políticos e funcionários da Petrobras.


Após a divulgação do balanço da empresa, no último dia 29, a Petrobras perdeu valor de mercado. Na ocasião, Graça Foster disse que a estatal pretendia reduzir investimento e evitar contratar novas dívidas em 2016.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.