Header Ads

Junior Matuto comemora lançamento do 13º do Bolsa Família, lançado pelo governador Paulo Câmara

Depois que o governador Paulo Câmara lançou o 13º do Bolsa Família, na manhã desta quinta-feira (04.04), no Centro de Convenções, em Olinda, o prefeito do Paulista Junior Matuto comemorou a implantação do benefício e parabenizou o governador pela coragem de ampliar o maior programa de transferência de renda do País neste momento em que a crise dá sinais de que vai se aprofundar.
“Quero parabenizar o governador por atitudes como esta que mexe diretamente com o cotidiano dos municípios, até porque as pessoas moram nos municípios e é onde existem os bolsões de pobreza. Então, chega este programa de distribuição de renda, que transfere recursos diretamente para a população de cada canto deste estado,” avaliou o prefeito.
Em Pernambuco, 1.178.450 famílias são atendidas pelo Bolsa Família, o equivalente a 35% da população do estado, segundo o governador Paulo câmara, esta parcela já será disponibilizado a partir de 2020. “Esta parcela a mais será muito importante para movimentar a economia no estado, mas será também uma renda extra para àqueles mais pobres que precisam de um olhar mais atento, principalmente, neste momento difícil que passa o país”, disse.
Paulista é a terceira cidade em número de beneficiários do programa, contemplando quase 35 mil famílias, significa que por mês cerca de R$ 5 milhões movimentam a economia do município. Para Augusto Costa, secretário de Políticas Sociais e Esportes, o 13º do Bolsa Família será um reforço importante na vida de quem depende do programa.
“Paulista já efetua o pagamento deste benefício no valor de R$150,00. Não será preciso complementar a renda. Mas com certeza, a implantação de mais esta parcela no benefício, significa um ganho importante na renda destas famílias,” concluiu.
O pagamento do 13º do Bolsa Família será feito em grupos de acordo com a data de nascimento, organizado da seguinte forma: quem nasceu em janeiro, fevereiro, março ou abril, recebe o valor no mês de fevereiro; quem nasceu em maio, junho, julho ou agosto, recebe 13º em março; por fim, para os nascidos em setembro, outubro, novembro ou dezembro, o benefício é pago em abril de 2020.

Nenhum comentário