Header Ads

PUBLICIDADE

Paulista promove III Encontro das Famílias dos Estudantes com Deficiência

Com o tema “Acredite em mim. Posso surpreender você”. A Secretaria de Educação do Paulista promoveu o III Encontro das Famílias dos Estudantes com Deficiência. A atividade encerra a Semana Municipal da Pessoa com Deficiência no âmbito educacional, e tem como objetivo a socialização a partir das experiências individuais dos pais e estudantes da rede municipal. O evento aconteceu na Faculdade Joaquim Nabuco, no centro da Cidade, nesta sexta-feira (23.08).
No encontro, foram exibidos cartazes com frases motivacionais e também depoimentos de superação de Nilma Gonçalves, que é cega, e de José Gabriel Izidório, surdo. Ambos atuam como professores na rede municipal de ensino.
“Eu não enxergo desde criança. Os meus pais foram muito importantes para o desenvolvimento da minha autonomia e da minha confiança. Lembro que uma vez na escola, meus coleguinhas me chamaram de formiga. Eu não sabia como era uma formiga. Cheguei em casa aos prantos. Meu pai me disse: ‘o mais importante não é você saber como é uma formiga. O mais importante é você saber que você não é uma formiga. Você é linda, inteligente, uma joia rara’. A partir daí eu comecei a acreditar em mim”, disse emocionada a professora Nilma Gonçalves.
A dona de casa Sulamita Silva, que tem um filho autista matriculado na Escola Municipal Maria das Neves, disse que Petrus Muller, de 14 anos, tem se desenvolvido cada vez mais e que encontros como esses são importantes para trocar experiências. “Antes, ele tinha dificuldade de ficar em sala de aula. Hoje ele participa das atividades e interage mais. Está produzindo mais. É um avanço para a vida dele”.
 “O momento é de reflexão para as mães. O que queremos mostrar é que os pais não percam a esperança de que seus filhos vão se tornar cidadãos mesmo com seus impedimentos que são provenientes da deficiência. Eles são capazes de estudar, de trabalhar, de ter sua vida própria. Queremos dizer para essas famílias que estamos juntos nessa caminhada”, disse a Coordenadora da Educação Especial Bernadete Brandão.
O secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior, esteve prestigiando o encontro e destacou o compromisso da rede municipal pelo direito a inclusão da pessoa com deficiência.      “Parabenizo às mães que estão sempre do lado dos filhos e não desistem deles. A escola também tem um papel importante no desenvolvimento. Acredito que vamos avançar cada vez mais para a inclusão da pessoa com deficiência”.
Na ocasião, o gestor adiantou que será lançada uma seleção simplificada para professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE). A previsão é que o edital para seleção seja publicado daqui a dois meses. A rede municipal de ensino do Paulista conta com 18 polos de atendimento especializado, que dão apoio complementar no contraturno para os estudantes com qualquer tipo de deficiência. Atualmente, 640 estudantes com deficiência estão matriculados nas escolas do Paulista.

Nenhum comentário