Header Ads

PUBLICIDADE

Mutirão recupera praça na área atingida pela mancha de óleo no Janga no Paulista

Após 18 dias da chegada da mancha de óleo nas praias do Paulista, na Região Metropolitana, a pracinha localizada próxima aos Correios, na beira-mar do Janga, está passando por uma revitalização paisagística. 

As equipes da Secretaria Executiva de Meio Ambiente (SEMA) do município com o apoio das ONGS parcerias promoveram um mutirão neste sábado (09.11), onde realizaram o plantio de mudas de plantas e a revitalização da área para que ela seja devolvida aos moradores e frequentadores da orla. Cerca de 50 mudas de diversas espécies foram escolhidas para serem colocadas a partir das características do local. As plantas vieram das sementeiras locais, do Espaço Ciência e de voluntários. 

“ Com a chegada do óleo essa área da pracinha ficou toda contaminada. Então nós fizemos a limpeza da área, recuperação do solo e o plantio para que a população volte a usufruir do espaço”, disse Herbert Andrade, gestor Ambiental da SEMA. 

Herbert Andrade disse ainda que mesmo sem novas evidências da mancha do óleo cru no município, o Comitê de Crise continua com o monitoramento nas praias. “Fazemos três tipos de vistoria no mar. Primeiro, caminhamos pelas praias observando os pontos que possam estar oleados; depois, monitoramos o mar através de caiaques; e por último, usamos o monitoramento aéreo com o uso de drones”.

“ Nós percebemos que havia muito resíduo de óleo na praça. A vegetação estava deteriorada. Então fizemos a limpeza e durante esse período nós estudamos o que poderia ser feito no local para melhorar. Então tivemos a ideia de fazer de juntar todo mundo e fazer um trabalho de jardinagem. Recebemos orientações de como fazer e estamos aqui contribuindo de uma certa forma”, disse Helton da Cunha, um dos voluntários que parte do Movimento Menos Lixo Mais Verde”. 

O Comitê de Crise do município é formado Secretarias de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente, Serviços Públicos e Defesa Civil. Além dos coletivos ambientais, como: “Salve Maracaípe”, “Salve Litoral Norte”, “Meu Mundo Mais Verde” e “Menos lixo e Mais Atitude”.

Nenhum comentário