Header Ads

No Paulista, última reunião do Conselho Municipal de Segurança Pública Cidadã aborda resultados dos 90 dias de atuação da Força Nacional

O auditório da Secretaria de Saúde do Paulista, em Maranguape I, sediou nesta quinta-feira (05), a última reunião do Conselho Municipal de Segurança Pública Cidadã em 2019. Dentre os assuntos em pauta, à prestação de contas dos 90 dias de atuação do programa “Em Frente Brasil”.
Na oportunidade, também aconteceu uma apresentação teatral coordenada pela equipe da Guarda Municipal que abordou a prevenção ao uso de drogas. “Primeiro agradecer a Deus a oportunidade de estar aqui hoje juntamente com representantes da Policia Militar, Guarda Municipal e os conselheiros de segurança para tratar de ações que tornem o nosso município ainda mais seguro. Graças a Deus e ao esforço dos que estão aqui, podemos dizer que o ano de 2019 foi um ano de avanço”, afirmou o secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do Paulista, Manoel Alencar.
E de fato, com relação aos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs) e aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), Paulista conseguiu um avanço significativo em comparação aos últimos anos. Boa parte dos créditos está sendo colocado no policiamento ostensivo realizado pela “Força Nacional”, iniciado no dia 30 de junho, através do programa do Governo Federal “Em Frente Brasil”.
Sobre os CVPs, o município apresentou uma redução de 51% em comparação a 2018. Nesse mesmo período no ano passado, Paulista havia registrado 369 roubos e furtos, enquanto em 2019 o número caiu para 182. Os números são considerados um marco, já que são melhores do que os da série histórica do “Pacto pela Vida” em 2013. Agora, a expectativa tanto da Polícia Militar quanto da gestão municipal é estabilizar esse quadro.

Nenhum comentário