Header Ads

Paulista realiza a V Feira de Conhecimentos em Libras

Estudantes do projeto EducaLibras do Paulista realizaram na tarde desta quinta-feira (05.12) a V Feira de Conhecimentos em Libras. O evento aconteceu ao lado da Praça de Alimentação do North Way Shopping, no centro da cidade, e contou com a participação dos estudantes dos Módulos Básico I e II, Intermediário e Avançado, que apresentaram ao público temas relacionados a inclusão social para a pessoa com deficiência auditiva.
Entre o público presente estiveram crianças e adolescentes de algumas escolas da rede municipal de ensino, que prestaram bastante atenção nas temáticas apresentadas pela Linguagem Brasileira de Sinais.
O secretário de Educação, Carlos Júnior, também esteve presente no evento, parabenizando os estudantes e contando sobre o empenho do município em priorizar a inclusão social. “Atualmente temos cerca de 650 estudantes na rede com algum tipo de deficiência, e Paulista é pioneira no assunto inclusão social. Através da Secretaria de Educação lançamos projetos que beneficiam toda a população do município. Com o projeto EducaLibras não é diferente, já se formaram mais de mil alunos que saem daqui preparados para qualquer situação de necessidade de Libras. Essa Feira vem para consolidar todo o trabalho desenvolvido em sala de aula e mostrar que não há pessoas que não possam se comunicar porque são surdas”, afirmou.
Prestigiando os estudantes de Libras, a aluna Joana Aquino, que faz parte do 8º ano da Escola Cônego Costa Carvalho, explicou a importância em aprender mais sobre a importância da linguagem de sinais. “Achei bem legal essa feira, para que as pessoas entendam um pouco sobre o assunto. Foi bem interessante as apresentações nas mesas, pois, eu nunca tinha participado de uma feira de Libras como esta”, disse.
“Me sinto muito feliz por possuir essa experiência. Iniciei no Módulo Básico I e hoje estou no Avançado II, onde passei por todas as etapas que o curso oferece. Gostaria que todos tivessem essa vontade e desejo de participar também deste projeto junto com a gente”, concluiu Erika Nascimento, que trabalha como professora e é aluna do Módulo Avançado II.
O projeto EducaLibras é coordenado pela Secretaria Municipal de Educação e visa ampliar o acesso à comunicação com deficientes auditivos e garantir uma maior inclusão social dos surdos através de aulas gratuitas. A iniciativa teve início no ano de 2017. O curso tem 60 horas aulas e conta com certificado válido em todo território nacional.

Nenhum comentário